Fones: (12) 3624-8602 / 3411-1940
Email: siteluzdoislam@gmail.com

Hierarquia dos Artigos
Início dos Artigos » Religião Comparada » 90 versículos dizem: Jesus não é Deus
Tamanho da Fonte
90 versículos dizem: Jesus não é Deus

90Verses.jpgTodos os quatro Evangelhos registram Jesus dizendo: "Abençoados são os pacificadores; eles serão chamados filhos de Deus."

A palavra "filho" não pode ser aceita literalmente porque na Bíblia, Deus aparentemente trata muitos de seus servos escolhidos como "filho" e "filhos." Os hebreus acreditavam que Deus é Um, e não tinha nem esposa ou filhos em qualquer sentido literal.  Portanto, é óbvio que a expressão "filho de Deus" significava meramente "Servo de Deus"; alguém que, por causa do seu serviço fiel, era próximo e querido de Deus como um filho é para o seu pai.

Os cristãos que vieram de uma origem grega ou romana, posteriormente fizeram mau uso desse termo.  Em sua herança, "filho de Deus" significava uma encarnação de um deus ou alguém nascido de uma união física entre deuses e deusas.  Isso pode ser visto em Atos 14:11-13, onde lemos que quando Paulo e Barnabás pregavam em uma cidade da Turquia, os pagãos clamaram que eles eram deuses encarnados. Chamaram Barnabás de Zeus, deus romano, e Paulo de Hermes, outro deus romano.

Além disso, no Novo Testamento as palavras gregas traduzidas como "filho" são "pias" e "paida" que significam "servo," ou "filho no sentido de servo." Elas são traduzidas para "filho" em referência a Jesus e "servo" em referência a todos os outros em algumas traduções da Bíblia.  Assim, consistente com outros versos, Jesus estava simplesmente dizendo que ele é servo de Deus.

Problemas adicionais com a Trindade

Para um cristão, Deus tinha que assumir a forma humana para compreender a tentação e o sofrimento humano, mas o conceito não é baseado em quaisquer palavras claras de Jesus.  Em contraste, Deus não precisa ser tentado e sofrer para ser capaz de compreender e perdoar os pecados do homem, porque Ele é o Criador do homem, Onisciente.  Isso está expresso no versículo:

"Disse ainda o SENHOR: Certamente, vi a aflição do meu povo, que está no Egito, e ouvi o seu clamor por causa dos seus exatores. Conheço-lhe o sofrimento;’" (Êxodo 3:7)

Deus perdoou os pecados antes do aparecimento de Jesus, e Ele continua a perdoar sem qualquer assistência.  Quando um crente peca, ele pode se apresentar perante Deus em arrependimento sincero para receber o perdão.  De fato, a oferta de se humilhar perante Deus e ser salvo é feita a toda a humanidade.

"Pois não há outro Deus, senão eu, Deus justo e Salvador não há além de mim. Olhai para mim e sede salvos, vós, todos os limites da terra; porque eu sou Deus, e não há outro." (Isaías 45:21-22, Jonas 3:5-10)

Biblicamente, as pessoas podem receber perdão dos pecados diretamente de Deus através de arrependimento sincero.  Isso é verdade em todos os tempos e em todos os lugares.  Nunca houve necessidade de um suposto papel intercessor de Jesus na obtenção de expiação.  Os fatos falam por si.  Não existe verdade na crença cristã de que Jesus morreu por nossos pecados e de que a salvação se dá somente através de Jesus. E sobre a salvação das pessoas antes de Jesus? A morte de Jesus não traz nem expiação do pecado, nem é de forma alguma o cumprimento de profecia bíblica.

Os cristãos alegam que no nascimento de Jesus ocorreu o milagre da encarnação de Deus na forma de um ser humano.  Dizer que Deus se tornou de fato um ser humano convida a um número de perguntas.  Deixe-nos perguntar o seguinte sobre o homem-Deus Jesus:

O que aconteceu a seu prepúcio após sua circuncisão (Lucas 2:21)? Ascendeu aos céus, ou se decompôs como qualquer pedaço de carne humana?

*Durante sua vida o que aconteceu com seu cabelo, unhas e o sangue que saiu de suas feridas?  As células de seu corpo morreram como nos seres humanos comuns?  Se seu corpo não funcionava de uma forma verdadeiramente humana, ele não podia ser verdadeiramente humano e também verdadeiramente Deus.  Ainda assim, se seu corpo funcionasse exatamente de um jeito humano, isso anularia qualquer alegação de divindade.  Seria impossível para qualquer parte de Deus, mesmo se encarnado, se decompor em qualquer forma e continuar sendo considerado Deus.  O eterno, Deus único, em todo ou em parte, não morre, desintegra ou se decompõe:  "Porque eu, o Senhor, não mudo;" (Malaquias 3:6)

A carne de Jesus resistiu após sua morte?

A menos que o corpo de Jesus nunca tenha sofrido "deterioração" durante sua vida ele não poderia ser Deus, mas se ele não sofreu "deterioração" então ele não era verdadeiramente humano.

A Bíblia diz que Deus não é homem

"Deus não é homem..." (Números 23:19)

"...porque eu sou Deus, e não homem..." (Oséas 11:9)

Jesus é chamado de um homem muitas vezes na Bíblia

"...um homem que vos falou a verdade…" (João 8:40)

"Jesus, o Nazareno, um homem aprovado por Deus para vós com milagres, prodígios e sinais que Deus realizou através dele no meio de vós, como vós mesmos bem sabeis." (Atos 2:22)

"Ele julgará o mundo através do homem que escolheu" (Atos 17:31)

"...o homem Cristo Jesus." (Timóteo 2:5)

A Bíblia diz que Deus não é um filho de homem

"Deus não é homem, nem um filho de homem..." (Números 23:19)

A Bíblia frequentemente chama Jesus de "um filho de homem" ou "o filho de homem."

"...assim ficará o filho do homem..." (Mateus 12:40)

"Porque o filho do homem há de vir..." (Mateus 16:27)

"...antes de terem visto chegar o filho do homem com o seu reino." (Mateus 28)

"Mas para que saibais que o filho do homem tem autoridade..." (Marcos 2:10)

"...porque é o filho do homem." (João 5:27)

Nas escrituras hebraicas, o "filho do homem" também é usado muitas vezes falando de pessoas (Jó 25:6; Salmos 80:17; 144:3; Ezequiel 2:1; 2:3; 2:6; 2:8; 3:1- 3).

Uma vez que Deus não Se contradizeria ao primeiro dizer que Ele não é filho de um homem, e depois se tornar um ser humano que era chamado de "o filho do homem", ele não o fez.  Lembre que Deus não é o autor de confusão. Seres humanos, incluindo Jesus, também são chamados "filho do homem" especificamente para distingui-los de Deus, que não é um "filho do homem" de acordo com a Bíblia.

A Bíblia diz que Jesus negou ser Deus

Jesus falou a um homem que o chamou de "bom," perguntando-lhe, "Por que me chamas de bom? Ninguém é bom, exceto Deus." (Lucas 18:19)

E ele lhe disse, "Por que me perguntas sobre o que é bom?  Existe apenas Um que é bom; mas se queres entrar na vida, guarda os mandamentos." (Mateus 19:17)

Jesus não ensinou às pessoas que ele era Deus

Se Jesus tivesse dito às pessoas que era Deus, ele teria saudado o homem.  Ao invés disso, Jesus o repreendeu, negando ser bom, ou seja, Jesus negou que fosse Deus.

A Bíblia diz que Deus é maior que Jesus

"Meu Pai é maior que eu." (João 14:28)

"Meu Pai é maior que todos." (João 10:29)

Jesus não pode ser Deus, se Deus é maior que ele.  A crença cristã de que o Pai e o filho são iguais está em contraste direto com as palavras claras de Jesus.

Jesus nunca instruiu seus discípulos a adorá-lo

"Quando orardes, dizei Nosso Pai que está no céu." (Lucas 11:2)

"Naquele dia, nada me perguntareis.  Se pedirdes alguma coisa ao Pai, ele vo-la concederá em meu nome." (João 16:23)

"Mas a hora vem e agora é, quando os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque o Pai procura aqueles que assim o adorem." (João 4:23)

Se Jesus fosse Deus, ele teria buscado adoração para si mesmo

Uma vez que não o fez, ao invés disso buscou adoração para Deus nos céus, ele, portanto, não era Deus.

 

http://www.islamreligion.com/pt/articles/10454/90-versiculos-dizem/

Navegação de Artigos:
<< Artigo Anterior || Próximo Artigo >>

Compartilhar esse Artigo:
Url
BBCode
HTML

Centro Islâmico de Taubaté © 2009-2017, todos os direitos reservados.
Rua Benedito Silveira Moraes, 221, Bairro Jardim do Sol - Taubaté - SP. CEP: 12070-290. Fones: (12) 3624-8602 / 3411-1940.
E-mail:
siteluzdoislam@gmail.com

2,327,516 visitas únicas

site desenvolvido por www.wsdbrasil.com.br

Powered by PHP-Fusion copyright © 2002 - 2017 by Nick Jones. Released as free software without warranties under GNU Affero GPL v3