Fones: (12) 3624-8602 / 3411-1940
Email: siteluzdoislam@gmail.com

Hierarquia dos Artigos
Início dos Artigos » Variedades » A virtude da medicina
Tamanho da Fonte
A virtude da medicina

https://pharmaceutical-journal.com/wp-content/uploads/2021/01/herbal-medicines-ss-18-scaled.jpg

 

O Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse: “Existem dois olhos que o Fogo não tocará: um olho que chora de medo de Allah e um olho que permanece acordado, vigilante pela causa de Allah”. O trabalho de um médico no hospital e o fato dele estar de plantão e passar a noite no hospital estão incluídos neste hadith? Ele é considerado como aqueles que guardam as fronteiras, enquanto está de plantão? Espero que me explique a virtude de trabalhar como médico, e me diga o que foi narrado sobre isso e sua virtude do ponto de vista religioso, porque comecei a sentir que meu trabalho está me destruindo e não estou mais interessado nisso. Espero que você possa me dizer algo que me faça continuar com meu trabalho e renovar meu interesse nele, e que você ofereça súplicas (dua’) por mim.

Em primeiro lugar: discussão sobre o que se entende por "um olho que permanece acordado, vigilante pela causa de Allah"

At-Tirmidhi (1639) narrou que Ibn 'Abbas disse: Eu ouvi o Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) dizer: “Existem dois olhos que o Fogo não tocará: um olho que chora de medo de Allah, e um olho que permanece acordado, vigilante pela causa de Allah” classificado como sahih por al-Albaani em Sahih at-Tirmidhi.

Foi narrado por al-Haakim em al-Mustadrak (2431) que Abu Hurairah (que Allah esteja satisfeito com ele) disse: O Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse: “É proibido ao Fogo tocar dois olhos: um olho que chora de medo de Allah, e um olho que permanece acordado, protegendo o Islam e seu povo contra os incrédulos” Al-Albaani disse em Sahih at-Targhib wa't-Tarhib (1233): É sahih por causa de evidências corroborantes.

O que significa guardar é guardar a fronteira (muraabatah) em caso de jihad (ou seja, um cenário militar).

É dito em Dalil al-Faalihin (7/106): Inclui qualquer pessoa que guarde o exército contra o inimigo e guarde postos de fronteira (ribaat). Fim da citação.

É dito em Mirqaat al-Mafaatih (62479): “Um olho que permanece acordado, guardando – de acordo com outro relato: vigiando – pela causa de Allah”: este é o nível dos mujaahidin, o qual as pessoas podem atingir ao oferecer um ato de adoração. Isso inclui ir ao Hajj, buscar conhecimento, participar da jihad ou adorar (a Allah). Mas o significado mais provável é aquele que guarda outros mujaahidin para protegê-los dos incrédulos. Fim da citação.

Não conhecemos ninguém que considere um médico plantonista incluído nisto. Por outro lado, menciona-se o hajj e a busca de conhecimento porque esses dois cenários podem ser descritos como sendo a causa de Allah.
Em segundo lugar: a medicina é um dos ramos mais nobres do conhecimento depois do conhecimento islâmico (shar'i)

A medicina é um dos ramos mais nobres do conhecimento depois do conhecimento islâmico (shar'i), em razão de envolver a manutenção do bem-estar físico.

Imam Ibn Abi Haatim ar-Raazi narrou em Adab ash-Shaafa'i wa Manaaqibuhu (p. 244) que ar-Rabi' ibn Suleiman disse: “Eu ouvi ash-Shaafa'i dizer: O conhecimento é de dois tipos: conhecimento religioso e mundano. O conhecimento religioso é o fiqh (e aprender sobre os ensinamentos islâmicos) e o conhecimento mundano é a medicina. Todo o resto, como poesia e coisas do gênero, é um desperdício de esforço ou algo vergonhoso”.

E foi narrado por ele: “Nunca more numa cidade onde não haja estudioso que possa responder às suas perguntas sobre questões religiosas e nenhum médico que possa aconselhar sobre o seu bem-estar físico”. Fim da citação.

Na biografia de ash-Shafa'i, Siyar A'laam an-Nubala', adh-Dhahabi o citou dizendo: “Eu desconheço algum ramo do conhecimento, após o conhecimento do que é halaal e haraam, que seja mais nobre que a medicina, mas o Povo do Livro nos ultrapassou nesse campo.”

Harmalah disse: “ash-Shaafa'i costumava se sentir muito triste com a falta de interesse dos muçulmanos pela medicina, e dizia: eles negligenciaram um terço do conhecimento e o deixaram para os judeus e cristãos”. Fim da citação.

Se um médico tiver boas intenções, ele será muito recompensado, porque seu trabalho se enquadra na categoria de mostrar bondade para com os outros, aliviar aflições e beneficiar as pessoas, enquanto faz o bem e mostra generosidade.

Allah, exaltado seja, diz (interpretação do significado):

“E Allah ama os benfeitores” [Aal ‘Imraan 3:134]

“Há outra recompensa da benevolência senão benevolência?” [ar-Rahman 55:60].

O Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse: “Quem quer que remova as dificuldades de um crente neste mundo, Allah removerá dele dificuldades no Dia da Ressurreição. Quem quer que conceda alívio a (um devedor) que esteja em dificuldade, Allah o concederá alívio neste mundo e no outro. Quem quer que oculte (a falha de) um muçulmano neste mundo, Allah ocultará (suas falhas) neste mundo e no outro. Allah ajudará uma pessoa enquanto ela estiver ajudando seu irmão. Quem quer que siga um caminho em busca de conhecimento, Allah facilitará para ele um caminho para o Paraíso. Ninguém se reúne em uma das casas de Allah, recitando e estudando o Livro de Allah em grupo, sem que a tranquilidade desça sobre eles, a misericórdia os envolva, os anjos os cerquem e Allah os mencione àqueles que estão em Sua companhia. Quem quer que retarde seus atos, sua linhagem não o ajudará a progredir” Narrado por Muslim.

E ele (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse: “O mais amado por Allah, exaltado seja, dentre as pessoas é aquele que é mais útil para seus dependentes” Narrado por ‘Abdullah ibn Ahmad em Zawaa’id az-Zuhd; classificado como hasan por al-Albaani em Sahih al-Jaami’.

E ele (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse: “O mais amado por Allah dentre as pessoas é aquele que é mais útil para os outros; e o mais amado dos feitos diante de Allah, glorificado e exaltado seja, é levar alegria a um muçulmano, aliviando-o da angústia, pagando suas dívidas ou afastando sua fome. Caminhar com um de meus irmãos para atender às suas necessidades é mais caro para mim do que observar i'tikaaf nesta mesquita – ou seja, na mesquita de Madinah – por um mês. E quem suprime sua raiva – mesmo que possa expressá-la, se quisesse – Allah encherá seu coração de contentamento e prazer no Dia da Ressurreição. Quem quer que caminhe com seu irmão para atender às suas necessidades e satisfazê-las, Allah fará com que seus pés estejam firmes no dia em que, porventura, escorregarem” Narrado por Ibn Abi’d-Dunya em Qadaa ’al-Hawaa’ij; classificado como hasan por al-Albaani em Sahih al-Jaami’.

Portanto, busque recompensa em Allah pelo que você está fazendo, e intencione sinceramente na causa d’Ele, esperando pela Sua recompensa, glorificado seja, pois você está na mais nobre das profissões e no melhor dos empregos. Não se esqueça de sua parcela nos diferentes tipos de atos de adoração, dhikr e leitura do Alcorão, pois essa é a sua provisão para sua jornada em direção ao Senhor dos Mundos.

E Allah sabe melhor.

 

https://islamqa.info/pt/answers/337251/a-virtude-da-medicina-um-medico-de-plantao-esta-incluido-no-hadith-um-olho-que-permanece-acordado-vigilante-pela-causa-de-allah

Navegação de Artigos:
<< Artigo Anterior || Próximo Artigo >>

Compartilhar esse Artigo:
Url
BBCode
HTML

Centro Islâmico de Taubaté © 2009-2021, todos os direitos reservados.
Rua Benedito Silveira Moraes, 221, Bairro Jardim do Sol - Taubaté - SP. CEP: 12070-290. Fones: (12) 3624-8602 / 3411-1940.
E-mail:
siteluzdoislam@gmail.com

4,162,952 visitas únicas

site desenvolvido por www.wsdbrasil.com.br

Powered by PHP-Fusion copyright © 2002 - 2021 by Nick Jones. Released as free software without warranties under GNU Affero GPL v3