Fones: (12) 3624-8602 / 3411-1940
Email: siteluzdoislam@gmail.com

Hierarquia dos Artigos
Início dos Artigos » O Alcorão Sagrado » Capítulo 71, Nuh (Noé)
Tamanho da Fonte
Capítulo 71, Nuh (Noé)

Descrição: Esse capítulo foi revelado em Meca e contém 28 versículos.  O capítulo inteiro é devotado ao chamado do profeta Noé para o seu povo.  Deus nos conta a história de Noé, cuja paciência foi testada a um limite extraordinário e, ainda assim, ele se manteve firme em sua convicção e continuou a trabalhar por Deus até o fim.

Por Imam Kamil Mufti (© 2018 IslamReligion.com)

 

Versículos 1-14 O chamado de Noé

https://www.theswordbearer.org/images/wallpapers/W017_ark_std.jpgNoé talvez seja o primeiro profeta depois de Adão.  A mensagem que deu ao povo corrupto daqueles dias está colocada aqui em três palavras: adoração, temor a Deus e obediência ao profeta, ou seja, adorar somente a Ele e renunciar a todas as deidades falsas, levando uma vida no mundo com temor a Deus no coração e considerando o profeta de Deus um exemplo a ser seguido em todos os assuntos. A religião não pode ser completa se qualquer uma das coisas acima estiver faltando.  Entendemos prontamente a adoração a Deus e seguir o caminho do profeta, mas qual a importância de "temer a Deus?" De fato, é a consciência de que Deus nos observa que nos faz levar uma vida limpa.  Portanto, uma pessoa consciente de Deus estará constantemente alerta sobre todas as suas palavras, ações e pensamentos e se empenhará em direção à sinceridade e pureza em todos os momentos.

Noé alertou seu povo antes que uma punição dolorosa viesse.  Pediu a eles que servissem a Deus, tivessem consciência Dele e o obedecessem.  Prometeu que Deus perdoaria os pecados deles e lhes daria alívio até um tempo pré-fixado, porque quando o tempo determinado chegasse, não poderia ser adiado.  Chamou seu povo noite e dia, mas quanto mais os chamava, mais se afastavam.  Toda vez que os chamava para que Ele os pudesse perdoar, tapavam os ouvidos, cobriam suas cabeças, persistiam na rejeição e ficavam mais arrogantes.  Pregava para eles em público e privado, pedia a eles que buscassem o perdão de seu Senhor, lembrava-lhes de que Ele é perdoador; Ele enviará chuva, lhes dará riqueza e filhos e os proverá com jardins e rios.  Não poupou esforços para trazer as pessoas para o caminho certo, mas seu povo não estava pronto para aceitá-lo.  Pode-se pensar que tal mensagem verdadeira e completa será instantaneamente apreciada e aceita, mas os humanos geralmente não gostam de qualquer aviso que dificulte suas atitudes egoístas e negligentes em relação à vida.

Versículos 15-25 Noé lembra seu povo das provas para a Unicidade de Allah e a atitude deles em relação a isso

O povo de Noé aceitava Deus, mas a consciência da majestade de Deus não tinha se enraizado como deveria.  O fato é que essa aceitação da grandeza de Deus é o padrão real de adoração a Deus.  Aquele cujo coração não está imerso na grandeza de Deus não é um verdadeiro crente.  Deus pergunta se já nos questionamos como Deus criou os sete céus, um acima do outro, colocou a lua como uma luz para iluminá-los e o sol como uma lâmpada; como nos retornará para a terra e então nos trará de volta novamente e como espalhou a Terra para nós para andarmos em seus caminhos espaçosos.

Noé se queixou a Deus que o povo o desobedeceu e seguiu aqueles cujas riquezas e filhos só aumentavam suas ruínas.  O povo negou os apelos de Noé por reforma porque pensava que, comparadas com as palavras de Noé, as declarações daqueles que tinham alcançado um status mais elevado, do ponto de vista mundano, valiam mais a pena serem consideradas.  Os grandes rejeitaram o chamado para a verdade e os mais fracos a rejeitaram porque os grandes o fizeram!

Os oponentes de Noé elaboraram muitos esquemas contra ele.  Um deles foi espalhar um boato sobre Noé de que ele era contra os grandes do passado.  Fizeram um grande plano para não renunciarem a seus deuses, em particular Wadd, Suwa, Yaghuth, Yauq ou Nasr (nomes de seus ídolos)!  Todos tinham sido homens de grande piedade na antiguidade que gradualmente foram santificados e, por fim, as pessoas começaram a adorá-los.  Foi fácil jogar as pessoas contra Noé em nome desses homens.  Por fim Noé orou a Deus para que trouxesse a destruição para os malfeitores!

Versículos 26-28 Noé invoca a Deus contra os descrentes

Noé orou a Deus para que não deixasse nenhum dos descrentes sobre a terra, já que eles desviariam Seus servos e gerariam somente pecadores e descrentes.  Noé também orou por perdão para si mesmo, seus pais e quem quer que entrasse em sua casa como crente.  A oração de Noé se estendia a todos os crentes, pedindo perdão para eles também!

Pela oração de Noé parece que, em sua própria época, o mal tinha alcançado seu limite final.  Crenças e pensamentos desviados tinham se tornado tão predominantes na sociedade que qualquer criança educada nessa sociedade teria se desviado.  Quando esse estágio foi alcançado o povo de Noé foi destinado a enfrentar nada menos que a destruição pelo dilúvio de Noé.  Foram afogados e enviados para o Inferno pelo que fizeram.  Não encontraram ninguém para lhes ajudar contra Deus. 

 

https://www.islamreligion.com/pt/articles/11026/capitulo-71-nuh-noe/

Navegação de Artigos:
<< Artigo Anterior || Próximo Artigo >>

Compartilhar esse Artigo:
Url
BBCode
HTML

Centro Islâmico de Taubaté © 2009-2018, todos os direitos reservados.
Rua Benedito Silveira Moraes, 221, Bairro Jardim do Sol - Taubaté - SP. CEP: 12070-290. Fones: (12) 3624-8602 / 3411-1940.
E-mail:
siteluzdoislam@gmail.com

2,851,106 visitas únicas

site desenvolvido por www.wsdbrasil.com.br

Powered by PHP-Fusion copyright © 2002 - 2018 by Nick Jones. Released as free software without warranties under GNU Affero GPL v3