Fones: (12) 3624-8602 / 3411-1940
Email: siteluzdoislam@gmail.com

Hierarquia dos Artigos
Início dos Artigos » O Alcorão Sagrado » Capítulo 4, An Nisa (As Mulheres) (parte 2 de 3)
Tamanho da Fonte
Capítulo 4, An Nisa (As Mulheres) (parte 2 de 3)

Descrição: A parte dois começa e termina com algumas regras sobre oração, e inclui uma discussão sobre aqueles a quem Deus amaldiçoou, a importância de obedecer ao profeta Muhammad e alguns versículos sobre a emigração.

Por Aisha Stacey (© 2018 IslamReligion.com)

 

Versículos 43 - 57 Oração e os amaldiçoados

https://wallpaperstudio10.com/static/wpdb/wallpapers/1920x1080/183376.jpgÓ vós que credes não orem enquanto estiverem intoxicados; esperem até que saibam o que estão dizendo (essa injunção foi seguida mais tarde com a proibição total de álcool). Da mesma forma, não orem quando estiverem em estado de impureza, até terem tomado um banho completo. Se não puder encontrar água para realizar a ablução antes da oração então encontre terra limpa, e esfregai com ela os vossos rostos e mãos. Aqueles que receberam algo do Livro o usaram como desorientação e querem que façam o mesmo. Deus conhece bem vossos inimigos. Alguns judeus tiram as palavras do contexto. Deus os amaldiçoou.

O Povo do Livro (judeus e cristãos) devem acreditar neste Alcorão, que confirma seus livros. Deus não perdoa aqueles que associam outros com Ele; esse é um grande pecado. Inventar mentiras sobre Deus é um pecado. Aqueles que receberam parte do Livro agora acreditam em ídolos. Deus os amaldiçoou por isso e nunca acharão um ajudante. Não estão mais bem encaminhados do que os crentes; Deus os amaldiçoou. Se fossem agraciados com uma parte do reino não o partilhariam. Os judeus invejam o profeta Muhammad, que a misericórdia e as bênçãos de Deus estejam sobre ele, e seus seguidores pelo que Deus lhes deu devem lembrar que também são da família de Abraão a quem Deus favoreceu com o Livro, sabedoria e um grande reino (ou seja, não há razão para ciúmes já que ambos, israelitas e ismaelitas são descendentes de Abraão). O inferno é suficiente para queimar aqueles que se afastaram. Aqueles que negam os versículos serão levados para o Fogo; aqueles que creem serão levados para jardins, abaixo dos quais correm os rios. Encontrarão lá companheiros puros e sombra refrescante.

Versículos 58 - 70 Obedeçam a Deus e Seu mensageiro

As instruções excelentes de Deus incluem devolver as coisas que lhes forem confiadas e julgar de maneira justa, se for chamado a fazê-lo. Obedeça a Deus, Seu mensageiro e aqueles em autoridade. Se há uma disputa refiram-se a Deus e Seu mensageiro porque é melhor e dará o melhor resultado. Algumas pessoas alegam acreditar, mas ainda querem se voltar para tiranos injustos para julgamento. São hipócritas que se afastaram. Voltarão tentando reconciliação, mas Deus sabe o que está realmente em seus corações. Entretanto, deve falar com eles, instruí-los e tentar penetrar os seus corações.

Mensageiros foram destinados a serem obedecidos. Quando se condenaram, deveriam ter vindo para ti (Profeta Muhammad) e teriam encontrado o perdão de Deus. Mas não, não acreditarão até que o façam juiz em suas disputas. Deveriam ter feito o que lhes foi instruído e teriam recebido uma grande recompensa. Quem obedece a Deus e Seu mensageiro estará com aqueles a quem Deus concedeu Seu favor. Isso é uma graça de Deus.

Versículos 71 - 87. Tome cuidado

Cuidado, crentes. Quando forem para a batalha, vão em pequenos grupos ou todos juntos. Existem pessoas dentre vocês que ficarão para trás para evitar a batalha, mas se tiverem sucesso fingirão arrependimento. Aqueles que são mortos ou são vitoriosos na causa de Deus receberão uma grande recompensa. Lute na causa de Deus. Resgatem aqueles que clamam a ajuda de Deus. Aqueles que creem lutam por Deus e aqueles que descreem se tornam aliados de Satanás. Já viram aqueles que temem os homens como temem a Deus? A vida desse mundo é breve e a Outra Vida é eterna. A morte os encontrará não importa onde estejam. Quando o bem vem reconhecem Deus, mas quando sofrem o mal ou perda culpam o profeta Muhammad. Qual é o problema com eles? Todas as coisas vêm de Deus. Se obedecerem o profeta Muhammad, obedecem a Deus. Deus não o enviou para ser seu guardião; obedecem quando em sua presença, mas quando dá suas costas conspiram contra você. Deus sabe, então confie Nele e isso é suficiente.

Por que não refletem sobre o Alcorão? Responde suas perguntas assim como o Profeta Muhammad poderia ter respondido. Se não fosse pela graça e misericórdia de Deus todos serviriam Satanás. Então o profeta Muhammad, lute na causa de Deus, porque só é responsável por si próprio. Incita os crentes a lutar porque Deus pode permitir que superem os incrédulos. Quem fala por uma boa causa partilhará a recompensa e quem fala por uma má causa compartilhará seu fardo. Responda às saudações com seu equivalente ou com algo melhor. Deus mantém registro de tudo; não há mais divindade além d'Ele. Certamente serão chamados a prestar contas, no Dia da Ressurreição.

Versículos 88 - 100 Sobre lutar e emigração

O que há de errado com vocês? Por que estão divididos sobre o que fazer sobre os hipócritas? Não se pode guiar os que Deus desviou. Querem que rejeitem a fé e sejam como eles, então não faça amizades com eles até que tenham emigrado para Medina em nome de Deus. Se se voltarem contra você agressivamente, então os mate. Um crente não deve matar outro crente, exceto por engano. E se alguém comete este erro deve libertar um escravo e oferecer compensação. A compensação pode dispensada como um ato de caridade. Se a vítima era um crente, mas de um povo em guerra contra você, então a compensação é libertar um escravo. Se a vítima era parte de um grupo com quem tens um tratado, então um escravo deve ser libertado e a compensação paga. Se for incapaz de libertar um escravo, jejue por dois meses consecutivos. A punição por matar, intencionalmente, um crente é o Inferno. Cuidado! Não mate alguém que lhe oferece uma saudação de paz; não o chame de descrente.

Aqueles crentes que ficam para trás (exceto aqueles que são incapazes de luta) não são iguais aos que se empenham na causa de Deus. Aqueles que lutam recebem um status mais elevado, embora exista uma boa posição para todos. Quando os anjos levarem as almas daqueles que se condenaram, existem alguns que dizem que foram oprimidos. Os anjos lhes perguntam se a terra não era grande o suficiente para encontrarem refúgio! Seu único refúgio é o Inferno. Quanto àqueles que foram impedidos por circunstâncias além de seu controle, Deus pode perdoá-los. Ele é Indulgente. Se alguém que emigra pela causa de Deus morre, tem a garantia de uma grande recompensa.

Versículos 101 - 104 A oração

Quando viajar é permitido encurtar a oração. Quando na batalha, ore em fileiras uma de cada vez, um grupo vigiando o outro. Pode pôr de lado suas armas durante chuva pesada ou doença, mas cuidado. Depois da oração recorde-se de Deus, estando em pé, sentados ou deitados. Quando estiver seguro deve restabelecer as orações regulares. Não enfraqueça, porque se estão sofrendo o inimigo também está, mas vocês podem esperar a ajuda de Deus e eles não.

 

https://www.islamreligion.com/pt/articles/11160/capitulo-4-an-nisa-as-mulheres-parte-2-de-3/

Navegação de Artigos:
<< Artigo Anterior || Próximo Artigo >>

Compartilhar esse Artigo:
Url
BBCode
HTML

Centro Islâmico de Taubaté © 2009-2018, todos os direitos reservados.
Rua Benedito Silveira Moraes, 221, Bairro Jardim do Sol - Taubaté - SP. CEP: 12070-290. Fones: (12) 3624-8602 / 3411-1940.
E-mail:
siteluzdoislam@gmail.com

2,824,000 visitas únicas

site desenvolvido por www.wsdbrasil.com.br

Powered by PHP-Fusion copyright © 2002 - 2018 by Nick Jones. Released as free software without warranties under GNU Affero GPL v3