Fones: (12) 3624-8602 / 3411-1940
Email: siteluzdoislam@gmail.com

Hierarquia dos Artigos
Início dos Artigos » Os Companheiros do Profeta - Os Sahaba » Abu Aiub al Ansari
Tamanho da Fonte
Abu Aiub al Ansari
Abu Aiub al Ansari

Dr. Abdulrahman Ráafat Bacha
Tradução: Prof. Samir El Hayek

Sepultado fora das muralhas de Constantinopla

O nome desse Companheiro era Khalid b. Zaid b. Kulaib, da tribo dos Banu Najjr. Foi-lhe dado o patronímico de Abu Aiub, e foi um dos ansar. Há poucos muçulmanos que não tenham ouvido falar de Abu Aiub al Ansari. O Próprio Allah tornou-o famoso, e lhe deu prestígio quando o escolheu, e lhe deu um lar, entre todos os lares do muçulmanos, que iria ser onde estava o abençoado Profeta (S), quando primeiramente emigrou para Madina.

A história do abençoado Profeta (S) no lar do Abu Aiub é freqüentemente repetida e muito apreciada. Quando o Profeta (S) chegou a Madina pela primeira vez, todos aqueles que o esperavam estavam ansiosos para prestar a ele, recém-chegado, todas as possíveis honras. O abençoado Profeta (S) era o mais querido de todos, que o esperava com ilimitada avidez. Assim como seus corações estavam sinceramente abertos a ele, eles abriram as portas dos seus lares na esperança de que ele os honrasse, fazendo sua estada com eles.

Porém. o abençoado Profeta (S) escolheu passar quatro dias em Quba, um vilarejo que fica a dois quiômetros e meio longe de Madina, onde erigiu a primeira mesquita, construída para Allah, dentro da religião do Islam. Quando mais uma vez montou em sua camela para completar a viagem, todos os maiorais de Yaçrib formaram uma linha ao longo do caminho, cada um na esperança de ser honrado em receber o abençoado Profeta (S) em seu lar. Um após outro, todos pegavam nas rédeas da camela dele, dizendo:

“Fica conosco, ó Mensageiro de Allah (S)! Nós temos os meios e os números suficientes para te prover e te proteger”, ao que o abençoado Profeta (S) respondia:

“Deixai-a (a camela) prosseguir seu caminho, pois ela será aquela que irá ser guiada para que faça a escolha.”

A camela continuou a andar, sob os olhares perscrutadores de todos eles, cada um com o caração cheio de esperança.

Quando ela acabava de passar por uma casa, seus ocupantes ficavam cheios de desapontamento, e os da casa contígua, ansiosos por saberem onde ela iria parar; e esperavam, sofregamente, na espectativa. Parecia que ele iria continuar a caminhar indefinidamente. Todos estavam a conjecturar quem iria ser o sortudo, quando ela por fim parou num terreno baldio, fronteiriço à casa de Abu Aiub al Ansari, e aí ajoelho-se. O abençoado Profeta (S), contudo, não desmontou, e passou-se apenas um momento, antes que ela ficasse novamente de pé e continuasse a caminhar. O abençoado Profeta (S) deixou as rédeas dela folgadas, e logo ela retrocedeu seus passos, e se ajoelhou no mesmo local. Transbordante de júbilo, Abu Aiub correu para o abençoado Profeta (S), dando-lhe as boas-vindas e carregando sua bagagem para dentro da sua casa, como se tivesse adquirido um precioso tesouro.

A casa de Abu Aiub era assobradada, e ele retirou as roupas e os móveis do andar de cima, a fim de que o cômodo ficasse livre, para o abençoado Profeta (S) aí permanecer. O abençoado Profeta (S) explicou que preferia o andar de baixo, para que não fosse perturbar a família de Abu Aiub, com as suas entradas e saídas. Abu Aiub concordou, e rearranjou a casa de acordo.

Quando chegou a noite e o abençoado Profeta (S) foi dormir, Abu Aiub e sua esposa subiram para o andar superior. Logo que fechou a porta, ele se voltou para sua esposa, e exclamou:

“Malditos sejamos! vê o que fizemos, pusemo-nos acima do Mensageiro de Allah (S)! Iremos estar andando acima do Profeta (S), e nos pondo entre ele e a revelação. Isto é um desastre para nós!”

Tomados pelo constrangimento e pela confusão, não tiveram paz, até que resolveram dormir encostados na parede, e somente se moviam caminhando pelos cantos do quarto. Quando amanheceu, Abu Aiub foi ter com o abençoado Profeta (S), e lhe contou:

“Juro por Allah que nem minha esposa nem eu pregamos os olhos, na noite passada!”

“E como foi isso, ó Abu Aiub?”, perguntou o abençoado Profeta (S).

“Eu me lembrei que estava num quarto acima do teu, e que cada vez que me mexia, o pó do teto era sacudido sobre ti.

Também fiquei com medo que fosse me postar entre ti e a revelação”, Abu Aiub respondeu.

“Ora, não fiques preocupado, ó Abu Aiub. Eu desejei o andar inferior porque fica mais fácil, com muitas pessoas sempre vindo me ver” disse o abençoado Profeta (S).

Abu Aiub conta, com suas próprias palavras, a interessante história
Navegação de Artigos:
<< Artigo Anterior || Próximo Artigo >>

Compartilhar esse Artigo:
Url
BBCode
HTML

Centro Islâmico de Taubaté © 2009-2017, todos os direitos reservados.
Rua Benedito Silveira Moraes, 221, Bairro Jardim do Sol - Taubaté - SP. CEP: 12070-290. Fones: (12) 3624-8602 / 3411-1940.
E-mail:
siteluzdoislam@gmail.com

2,427,904 visitas únicas

site desenvolvido por www.wsdbrasil.com.br

Powered by PHP-Fusion copyright © 2002 - 2017 by Nick Jones. Released as free software without warranties under GNU Affero GPL v3