Fones: (12) 3624-8602 / 3411-1940
Email: siteluzdoislam@gmail.com

Hierarquia dos Artigos
Início dos Artigos » Os Companheiros do Profeta - Os Sahaba » Saíd b. Zaid
Tamanho da Fonte
Saíd b. Zaid
Saíd b. Zaid


Dr. Abdulrahman Ráafat Bacha
Tradução: Prof. Samir El Hayek

“Ó Allah, se me privas dessa bênção, não prives a meu filho Saíd!”
Oração feita por Zaid, pai de Saíd.


Zaid b. Amr b. Nufayl permanecia a uma certa distância afastado da multidão, observando os coraixitas, conforme celebravam um dos seus festivais. Via os homens com as cabeças enroladas em turbantes de fina seda, pavoneando-se, em custosas túnicas iemenitas. Podia ver ainda as mulheres e crianças com camisolões alegremente coloridas, e uma esquisita joalharia. Observava o rebanho sendo arrastado por pessoas abastadas, que chegavam até a decorar os animais, antes de os levar para o abate perante seus ídolos.

Zaid, com as costas contra a parede da Caaba, disse:

“Ó povo do Coraix, as ovelhas são criadas por Allah. Ele faz descer a chuva para elas, para que possam beber; Ele faz crescer a relva no pasto para que eles se fartem; e eis que as abateis, mas não em Seu nome! Que pessoas ignorantes sois!”

O tio dele, Al Khattab, pai de Ômar b. al Khattab, foi à frente dele, esbofeteou-o, e disse:

“Que tu pereças! Temos ouvido essa tola fala de ti, e tolerado o suficente. Nossa paciência está chegando ao fim.”

Então Al Khattab chamou alguns dos mais cruéis membros da sua tribo, e os incitou a atacarem o Zaid. Eles o atacaram, e estavam tão determinados na tantativa de o ferir, que ele fugiu de Makka e se refugiou na montanha de Hira. Al Khattab designou alguns dos jovens do Coraix para impedirem que o Zaid voltasse para Makka. Depois daquilo, ele só foi capaz de entrar na cidade às escondidas.

Sem que os coraixitas soubessem, Zaid encontrou-se com Waraca b. Nawfal, com Abdullah b. Jahch, com Otman b. al Háris, e com a Umaima b. Abd al Muttalib, a tia de Mohammad b. Abdullah (S). Eles discutiram o fato de como os árabes haviam descambado para o politeísmo, e o Zaid disse para os seus companheiros:

“Juro por Allah, vós sabeis que vossos concidadãos estão em erro, e que se desviaram da religião de Abraão, indo contra ela. Se desejais a salvação, deveis procurar uma religião em que podereis acreditar. “

Os quatro homens foram ter com os eruditos das crenças judaica e cristã, bem como de outras, na busca da pura religião de Abraão. O Waraca b. Nawfal tornou-se cristão. O Abdullah b. Jahch e Otman b. al Háris nada encontraram que os satisfizesse. Quanto ao Zaid b. Amr b. Nufayl, bem, ele tem uma história que iremos permitir que suas própria palavras nos contem, uma vez que foram registradas pelos historiadores:

“Eu estudei o judaísmo e o cristianismo, mas deles me afastei, porque achei que não me satisfaziam. Viajei para longe, norte-sul, leste-oeste, em busca da fé de Abraão, até que cheguei à Síria. Aí ouvi falar de um monge que tinha conhecimento das escrituras; então o procurei e lhe contei a minha história. Ele disse para mim:

“‘Vejo que tu buscas a religião de Abraão, o irmão que era de Makka!’

“‘Sim,’, respondi, ‘é isso que eu quero.’

“Ele me disse:

“Estás procurando uma religião que hoje não existe. Volta para o teu país, pois Allah irá enviar um profeta de entre teu próprio povo, profeta esse que fará reviver a religião de Abraão. Se estiveres ainda vivo, irás converter-te a ela’”.

Zaid pôs-se a voltar apressadamente para Makka, à procura do profeta prometido. Enquanto o Zaid estava ainda viajando, Allah começou a enviar a revelação da verdade e da diretriz para o Seu Profeta Mohammad (S). Zaid nunca chegou a alcançá-lo, pois foi atacado por um bando de ladrões-de-estrada, no caminho para Makka. Quando exalava o último suspiro, Zaid se conscientizou de que nunca mais iria ter o prazer de ver o Mensageiro de Allah (S). Assim orou:

“Ó Allah, se me privas dessa bênção, não prives a meu filho Saíd!”

Foi da vontade de Allah ouvir a súplica de Zaid, pois logo que o Profeta (S) começou a conclamar as pessoas ao Islam, o Saíd b. Zaid foi um dos primeiros a crer em Allah e na mensagem do Seu Profeta (S). Isso não veio como surpresa para ninguém, pois o Saíd havia crescido numa família que rejeitava os desvios dos coraixitas. Saíd fora criado por um pai que passara a vida buscando a verdade, e morrera correndo atrás dela.

Saíd não esteve só na sua aceitação do Islam, porque sua esposa, Fátima b. al Khattab, irmã de Ômar, juntou-se a ele no acolhimento
Navegação de Artigos:
<< Artigo Anterior || Próximo Artigo >>

Compartilhar esse Artigo:
Url
BBCode
HTML

Centro Islâmico de Taubaté © 2009-2017, todos os direitos reservados.
Rua Benedito Silveira Moraes, 221, Bairro Jardim do Sol - Taubaté - SP. CEP: 12070-290. Fones: (12) 3624-8602 / 3411-1940.
E-mail:
siteluzdoislam@gmail.com

2,431,048 visitas únicas

site desenvolvido por www.wsdbrasil.com.br

Powered by PHP-Fusion copyright © 2002 - 2017 by Nick Jones. Released as free software without warranties under GNU Affero GPL v3