Fones: (12) 3624-8602 / 3411-1940
Email: siteluzdoislam@gmail.com

Hierarquia dos Artigos
Início dos Artigos » Artigos sobre o Islam » O Livro da Purificação - Tahara
Tamanho da Fonte
O Livro da Purificação - Tahara






Muhammad Ibn Jamil Zinu
Tradução: Rodrigo Abu Abdurrahman
Revisão: Lic. Muhammad Isa García
Este livro tem todos os direitos reservados. Uma ou todas as partes do mesmo poderão ser utilizadas para fins educacionais, desde que a informação usada não seja de modo algum citada fora de contexto ou para benefício próprio. Gostaríamos de exprimir os nossos sinceros agradecimentos a todos aqueles que contribuíram para a sua publicação. Que Allah os recompense pelos seus esforços. Caso tenha alguma correção a fazer, comentário ou questão a colocar, por favor, sinta-se livre para nos contactar: pt@islamhouse.com 1428 H Publicado por The Islamic Propagation Office in Rabwah Tel. +4454900 - 4916065 Ext. 26 - 27 Email: pt@islamhouse.com www.islamhouse.com

O Livro da Purificação (Tahara)

* A categoria da água
* Os tipos de banho
* Como realizar o ghusl (banho)
* Fatores que anulam o wudu (ablução)
* Passar a mão úmida sobre o pé vestido com meia ou calçado
* O ghusl e o que o faz obrigatório
* As coisas proibidas ao junub (pessoa que necessita fazer o ghusl)
* Os pilares fundamentais do ghusl
* A maneira de realizar o Ghusl de acordo com a Sunnah
* O ghusl recomendável
* Alguns assuntos relacionados com o ghusl (banho)
* O taiammum (purificação com terra ou areia)

As categorias da água

Primeiro: A água comum é a Tahur, quer dizer, pura em si mesma ou a que purifica outras coisas. Dentro desta categoria se encontram:

1) A água da chuva, neve ou granizo. Allah disse em Seu Livro: "E enviamos do céu água pura.(Surata 25:48)

2) A água do mar e dos rios: O Profeta disse: Se a água é pura, então os frutos dela também são Halal.

3) A água Zam-Zam: "Relata-se que o Profeta pediu uma balde de água Zam-Zam da qual bebeu da água e em seguida realizou o Wudu. (Narrado por Ahmad).

4) Também é considerada água pura, a que cai das folhas de árvores, musgos ou limo. E Allah disse: ? sem encontrardes água, servi-los do tayamum..." (Surata 5:6)

Segundo: A água usada, ou seja, os restos da água que caem após a realização do Wudu ou Ghusl, já que permanecem em seu estado original de purificação e que não existe algum dalil da Shari’a que indique a mudança desta condição.

Terceiro: A água mesclada com qualquer substância pura ou limpa, por exemplo, sabão, açafrão ou farinha, permanece em seu estado de purificação (Tahur). Todavia a substância adulterante não deve exceder a quantidade de água para que essa mistura não deixe de ser água. Se exceder o limite, seu estado ser á o de Taher, quer dizer, puro, porém não purificador.

Quarto: Existe também a categoria de água mesclada com Najassa (substância impura, suja), neste caso há dois pontos:

1) A água não pode ser usada para a purificação se seu sabor, odor ou cor mudam devido a Najassa (impureza) e isto está de acordo com o consenso geral dos sábios.

2) Se nenhuma destas três características mencionadas acima mudarem, o líquido permanece em seu estado de purificação, sem importar se é muita ou pouca a quantidade de água. O Profeta disse: "A água Tahur nada torna ela impura (Narrado porAhmad e também por outros).
Navegação de Artigos:
<< Artigo Anterior

Compartilhar esse Artigo:
Url
BBCode
HTML

Centro Islâmico de Taubaté © 2009-2017, todos os direitos reservados.
Rua Benedito Silveira Moraes, 221, Bairro Jardim do Sol - Taubaté - SP. CEP: 12070-290. Fones: (12) 3624-8602 / 3411-1940.
E-mail:
siteluzdoislam@gmail.com

2,429,837 visitas únicas

site desenvolvido por www.wsdbrasil.com.br

Powered by PHP-Fusion copyright © 2002 - 2017 by Nick Jones. Released as free software without warranties under GNU Affero GPL v3