Fones: (12) 3624-8602 / 3411-1940
Email: siteluzdoislam@gmail.com

Hierarquia dos Artigos
Início dos Artigos » Os Califas Probos » 3- Califa Osman Ibn Affan (R)
Tamanho da Fonte
3- Califa Osman Ibn Affan (R)
Você não se envergonha perante um homem que os anjos se envergonham perante ele?

Preparação: Dr. Ahmad Al Mazid
Dr. Ádel Ach Chadi


Em nome de Allah, o Clemente, o Misericordioso

Louvado seja Allah, Altíssimo em Sua Magnificência. Que a paz e a graça de Allah esteja com o Seu Profeta e escolhido, Mohammad Ibn Abdullah, com os seus familiares, seus companheiros, quem pregar a sua missão e seguir a sua orientação até o Dia do Juízo.
A nossa jornada nos conduz ao terceiro homem no Islam, após o Mensageiro de Deus (S), a uma das lâmpadas da orientação, ao homem generoso, portador da hombridade e da honra: Osman Ibn Affan

O Homem das Duas Luzes (R)

É Osman Ibn Affan Ibn Abi Al ‘As, ibn Umaiya.
O coraixita omíade
Ibn Al Jauzi disse: “Fique sabendo que Osman (R) converteu-se ao Islam antes que o Profeta (S) frequentasse a casa de Arcam( local onde os muçulmanos se reuniam no início do Islam). Quando se converteu, o seu tio, Al Hakam Ibn Abi Al ‘As, prendeu-o. Quando constatou a sua firmeza na sua religião, soltou-o”
Ele emigrou duas vezes para Abissínia, acompanhado com Rucaiya, filha do Profeta (S).”
Ibn Hijr disse: “Converteu-se muito cedo, convidado pelo Siddik (R)”.
Imigrou para a Abissínia na duas vez e para Madina na terceira vez.
Casou com Rucaiya, filha do Rassulullah (S), antes da profecia. Ela faleceu nas noites da batalha de Badr. Ele não participou da batalha, por causa da doença da esposa e foi autorizado pelo Profeta (S). Este lhe garantiu a recompensa e o considerou como participante. A notícia da vitória dos muçulmanos chegou no dia do enterro de Rucaiya, em Madina.
Casou-se, então, com a irmã dela, Ummu Kulçum, que faleceu no ano 9 da Hégira.
Os sábios disseram: “Não se conhece ninguém que se casou com duas filhas do Profeta além dele, por isso foi denominado zunnurain (o homem das duas luzes)”.
É um dos primeiros muçulmanos, o primeiro a emigrar, um dos dez auspiciados pelo Paraíso, um dos seis que o Mensageiro de Allah (S), ao falecer, estava satisfeito com eles.
Um dos companheiros que compilaram o Alcorão em um livro e ditribui-lo para várias regiões
Já foi dito que o Siddik (R) compilou-o também, porém, Osman (R) se distinguiu em compilá-lo num livro, utilizando um só tipo de pronúncia, das sete em que foi revelado.
O Mensageiro de Allah (S) o designou governador de Madina na expedição de Zátir Ricá e na expedição de Ghatfan.
Ibn Ishác disse: “Foi uma das primeiras pessoas a adotar o Islam depois de Abu Bakr, de Áli e de Zaid Ibn Háriça. Era de beleza ímpar.3
Ibn Kacir disse: “É um dos três que foram designados para ocupar o califado entre os seis. Posteriormente com o consenso dos muhajirin e ansar, foi designado como o terceiro califa probo, um dos líderes orientadores que o Rassulullah (S) ordenado que fossem seguidos”.

Seu Caráter
Tinha muita moral, pudor, generosidade, cuidava de seus familiares e parentes, por Deus, estimulando-os a preferir a vida futura a esta, imitando o Profeta (S). Assim fazia, com receio que Deus os lançasse no inferno, colocando em seus corações orientação e fé.

Suas Participações
Participou de Uhud, Khandaq e Hudaibiya. O Profeta (S) deu o voto de confiança por ele no dia de Hudaibiya, com uma das mãos. Participou de Khaibar e Amrat al Kadá. Participou da conquista de Makka, de Hawazan, de Taif e de Tabuk. Financiou o exército de apuro com trezentos camelos junto com todos os mantimentos.
Praticou o Hajj com o Rassulullah (S) na peregrinação de despedida. Quando o Profeta (S) faleceu, estava satisfeito com ele.
Foi excelente companheiro de Abu Bakr e quando este faleceu, estava satisfeito com ele.
Foi excelente companheiro de Ômar e quando este faleceu, estava também satisfeito com ele. Foi escolhido entre os seis do colegiado e foi o preferido deles.

Seu califado
Foi nomeado califa depois de Ômar. Conquistou várias regiões, ampliando o império muçulmano, fazendo chegar a mensagem islâmica tanto ao Oriente como ao Ocidente. As pessoas consideraram-no a confirmação das palavras do Altíssimo: “Allah prometeu àqueles dentre vós, que creem e praticam o bem, fazê-los herdeiros da terra, como fez com os seus antepassados; consolidar-lhes a religião que escolheu para eles e trocar a sua apreensão por tranquilidade”. (24:55).
E as palavras do Altíssimo: “Foi Ele Quem enviou o Seu Mensageiro com a orientação e com a verdadeira religião, para fazê-las prevalecer sobre todas as religiões, ainda que isto desgoste os idólatras”. (61:9).
E as palavras do Mensageiro de Allah (S): “Quando Cesar morrer, não haverá outro depois dele. Quando Cosroé morrer, não haverá outro depois dele. Por Aquele em Cujas Mãos está a minha alma, os tesouros deles serão utilizados pela causa de Allah”. (Musslim). Tudo isso aconteceu durante o califado de Osman.



Osman do Bem
Hassan Al Bassri descreveu o período de Osman (R) dizendo: “Diariamente, as pessoas estavam dividindo algo. Eram convocados: ‘Ó muçulmanos, venham receber as doações e levavam em grande quantidade, venham receber os seus bens, venham receber a manteiga e o mel. Os bens eram vastos, o inimigo quieto, temeroso, muita fartura e muita fraternidade’”.
Um dos seus conselhos era: “Prometeu-lhes que haverá opulência. quando houver, tenham paciência. As espadas estavam guardadas entre os muçulmanos, então eles as utilizaram contra eles mesmos. Por Allah que continuarão a ser utilizadas até o dia de hoje. Por Allah, não quero ver as espadas sendo utilizadas entre vocês até o Dia da Ressurreição.”
Navegação de Artigos:
<< Artigo Anterior || Próximo Artigo >>

Compartilhar esse Artigo:
Url
BBCode
HTML

Centro Islâmico de Taubaté © 2009-2017, todos os direitos reservados.
Rua Benedito Silveira Moraes, 221, Bairro Jardim do Sol - Taubaté - SP. CEP: 12070-290. Fones: (12) 3624-8602 / 3411-1940.
E-mail:
siteluzdoislam@gmail.com

2,431,050 visitas únicas

site desenvolvido por www.wsdbrasil.com.br

Powered by PHP-Fusion copyright © 2002 - 2017 by Nick Jones. Released as free software without warranties under GNU Affero GPL v3