Fones: (12) 3624-8602 / 3411-1940
Email: siteluzdoislam@gmail.com

Hierarquia dos Artigos
Início dos Artigos » Variedades » Islam, a Salvação para a Humanidade
Tamanho da Fonte
Islam, a Salvação para a Humanidade


O Islam comanda o muçulmano a cumprir o seu dever para com seus pais e para manter os laços familiares, para ajudar os necessitados, para tratar bem os vizinhos, para proteger e salvaguardar o patrimônio do órfão, para ser gentil com os jovens e mostrar respeito aos idosos, ser gentil com os funcionários e os animais, para remover coisas prejudiciais da estrada, para falar palavras amáveis, perdoar no momento em que um tem a oportunidade de se vingar, para ser sincero para com o companheiro-muçulmanos, para atender às necessidades do muçulmanos, para dar tempo ao devedor a saldar as suas dívidas, a preferir outros sobre si mesmo, para consolar os outros, para cumprimentar as pessoas com um sorriso no rosto, para visitar os doentes, para apoiar e dar suporte aquele que é oprimido, para dar presentes aos amigos, para honrar seu convidado, para tratar sua esposa de forma amável e gastar com ela e seus filhos, para espalhar a saudação da paz (salaam) e para pedir permissão antes de entrar na casa de outra pessoa, para que não se veja algo privado que a outra pessoa não quer que seja visto.  

Alguns não-muçulmanos podem fazer essas coisas por cortesia ou boas maneiras, mas eles não estão buscando a recompensa de Allah ou salvação do Dia do Juízo.

Se olharmos para o que o Islã proibiu, vamos achar que é no interesse do indivíduo e da sociedade como um todo. Todas estas proibições servem para salvaguardar a relação entre o servo e o seu Senhor, e a relação do indivíduo consigo mesmo e para com o seu semelhante. Os seguintes exemplos demonstram isso:

- O Islã proíbe a associação de qualquer coisa na adoração a Allah e ao culto de qualquer coisa que não seja Allah, porque isto traz desgraça e miséria. Islam também proibe a visita ou acreditar em adivinhos e cartomantes, magia ou feitiçaria que pode causar uma racha entre duas pessoas ou trazê-los juntos; crença na influência dos astros sobre os acontecimentos e as vidas das pessoas, xingando o tempo, porque Allah está direcionando seus negócios; e superstição, por isso é pessimismo.

- O Islã proíbe e as boas obras, mostrando-se, que ostenta ou lembrando outras pessoas do nossos favores; curvando-se ou prostrar a alguem diferente de Allah; sentar-se com hipócritas ou pessoas imorais para efeitos de apreciar a sua companhia; e invocando a maldição ou ira de Allah para uma pessoa, ou condenar uma pessoa para o inferno.

- Islam proíbe urinar em águas estagnadas; defecar na beira da estrada ou em locais onde as pessoas procuram sombra ou de onde tirar água, de frente para o qiblah (direção da oração) ou virar as costas ao urinar ou defecar; segurar o orgao genital na mão direita quando urinar; dar a saudação de salaam (paz) para aquele que está fazendo suas necessidades, colocar a mao em qualquer recipiente antes de lava-la, quando se acabou de acordar.

- Islam proíbe a pratica de qualquer oracao voluntaria quando o sol está nascendo, quando está no seu auge, e quando ele está se pondo, porque ele nasce e se põe entre os chifres de Satã (Satanás); rezar quando há comida preparada que uma pessoa que esta com fome; orando quando a pessoa precisa urgentemente de urinar, defecar ou esta com flatulencias, porque isso vai distrair a pessoa de se concentrar corretamente em sua oração.

- O Islã proíbe os muçulmanos de levantar a voz em oração, para que não perturbe os outros crentes; continuar oferecendo orações voluntarias à noite, quando a pessoa se sente sonolento - tal pessoa deve dormir, em seguida, levantar-se; para ficar acordado a noite toda em oração, especialmente uma noite apos a outra. O Islam proibe parar de rezar quando há dúvida quanto à validade do próprio wudoo (ablucao), a menos quando se ouve um som ou sente-se um odor.

- Islam proíbe a compra, venda e fazer anúncios de "achados e perdidos" na mesquita - porque é o lugar de adoração e recordação de Allah, onde assuntos mundanos não têm lugar.

- O Islã proíbe a pressa em caminhar quando o iqaamah (chamada imediata para a oração congregacional) é dado, e prescreve andar a pé de uma forma calma e digna. Também é proibido de se vangloriar sobre o custo de construção de uma mesquita; decorar uma mesquita com tinta vermelha ou amarela ou adornos que irao distrair os adoradores; jejuar dia após dia sem parar. O Islam proibe a mulher praticar o jejum voluntario quando seu marido está presente e sem a sua permissão.
Navegação de Artigos:
<< Artigo Anterior || Próximo Artigo >>

Compartilhar esse Artigo:
Url
BBCode
HTML

Centro Islâmico de Taubaté © 2009-2017, todos os direitos reservados.
Rua Benedito Silveira Moraes, 221, Bairro Jardim do Sol - Taubaté - SP. CEP: 12070-290. Fones: (12) 3624-8602 / 3411-1940.
E-mail:
siteluzdoislam@gmail.com

2,430,404 visitas únicas

site desenvolvido por www.wsdbrasil.com.br

Powered by PHP-Fusion copyright © 2002 - 2017 by Nick Jones. Released as free software without warranties under GNU Affero GPL v3