Fones: (12) 3624-8602 / 3411-1940
Email: siteluzdoislam@gmail.com

Hierarquia dos Artigos
Início dos Artigos » Variedades » Islam, a Salvação para a Humanidade
Tamanho da Fonte
Islam, a Salvação para a Humanidade


- Islam proíbe a construção de super sepulturas, tornando-as altas, sentar sobre elas, andando entre elas usando sapatos, colocando luzes sobre elas ou escrever sobre elas. É proibido desenterrar os mortos ou tomar sepulturas como locais de adoracao. O Islã proíbe lamentações, rasgando as roupas ou deixando despenteado o cabelo quando uma pessoa morre. Elogiando os mortos da maneira dos tempos de ignorância (Jaahiliyyah) também é proibido, embora não haja nada de errado em informar os outros que uma pessoa morreu.

- Islam proíbe a cobranca de riba (juros); todos os tipos de venda que envolvem a ignorância do produto (lograr o comprador) e fraude; venda de sangue, vinho, carne de porco, ídolos e tudo o que Allah proibiu - seu preço, seja comprado ou vendido - é haraam; Najash, que é oferecer um preço por algo que a pessoa não tem intenção de comprar, como acontece em muitos leilões; esconder as falhas de um produto no momento da venda; vender algo que não se possui ou antes de se receber em sua posse; subcotação; venda de produtos antes de ser claro que está em boas condições e livre de defeito; lograr as pessoas nos pesos e medidas dos produtos; açambarcamento.

- Um parceiro que tem ações em um lote de terra ou um palmo está proibido de vender a sua parte, sem consultar seus parceiros. É proibido consumir a riqueza dos órfãos injustamente; apostar ou jogar; pegar qualquer coisa por força; aceitar ou oferecer subornos; roubar a riqueza das pessoas ou consumi-la injustamente; tomar algo com o propósito de destruí-lo; desmerecer, desvalorizar o valor dos bens das pessoas; manter como perdida a propriedade que ja foi encontrada, ou para manter silêncio sobre o assunto e não anunciá-la, pois ela pertence a aquele que reconheceu sua propriedade

- Islam proibe enganar de qualquer forma; pedir um empréstimo sem intenção de pagá-la; tirar alguma coisa da riqueza de um colega muçulmano, a menos que seja dado livremente, porque o que é tomada por causa da timidez de uma outra pessoa é haram; e aceitar um presente por causa da intercessão.

- O celibato e a castração são proibidos, tambem é proibido se casar com duas irmãs, ou uma mulher e sua tia (paterna ou materna), se ele se casa com a tia depois de casar com sua sobrinha, ou vice-versa, por medo de quebrar os laços de parentesco. É proibido fazer promoções em casamento, como dizer: "Deixe-me casar com sua filha e eu te darei a minha filha ou irmã em casamento." Tais ofertas recíprocas são uma forma de opressão e injustiça, e haraam.

- Islam proíbe Mut'ah (casamento temporária), que é um contrato de casamento por um período de tempo acordado pelas duas partes, no final do qual o casamento termina. Islam proíbe relações sexuais com uma mulher menstruada, até que ela tenha se purificado (tomando um banho depois de seu período termina), e também proíbe o sexo anal. Um homem está proibido de propor casamento a uma mulher quando um outro homem já propôs a ela, a menos que o outro homem retire sua proposta ou dá-lhe permissão. É proibido casar com uma mulher casada anteriormente sem consultá-la, ou com uma virgem sem buscar a sua permissão. É proibido desejar a um casal recém-casado "Bi'l-rafaa 'wa'l-baneen" (uma vida feliz e muitos filhos)," porque esta é a saudação do povo de Jaahiliyyah, que odiava filhas. A mulher divorciada é proibido esconder o que Allah criou no seu ventre (se ela está grávida). Marido e mulher estão proibidos de falar (para outros) sobre as intimidades da vida de casado.

- É proibido por sua vez colocar uma mulher contra o seu marido (fazer intrigas entre as pessoas) ou a tomar o divórcio de ânimo leve. É proibido para uma mulher pedir o divórcio do outro, como pedir a um homem divorciar-se de uma mulher para que ela possa casar com ele. A mulher está proibido de gastar o dinheiro do marido sem a sua permissão, ou se manter longe de sua cama sem uma boa razão (se negar a manter intimidades com seu esposo), porque os anjos a amaldiçoarão se ela faz isso. Um homem está proibido de casar com a mulher de seu pai, ou ter relação sexual com uma mulher que está grávida de outro homem. É proibido para um homem a prática do "azl" (coitus interruptus) com sua esposa, sem a sua permissão. É proibido para um homem para voltar para casa de uma viagem tarde da noite e assustar sua família, a menos que tenha previamente avisado quando ele vai chegar em casa. Um homem está proibido de tomar qualquer coisa de mahr de sua esposa (dote) sem o seu consentimento, ou ficar irritando a sua esposa para faze-la desistir da sua riqueza.

- Islam proíbe as mulheres de fazer uma exibição gratuita de si mesmos (tabarruj). Também proíbe a formas extremas de circuncisão feminina. As mulheres são proibidas de admitir qualquer um na casa do marido sem a sua permissão; sua permissão geral é aceitável desde que se mantenham dentro dos limites da Shari'ah (lei islamica). É proibido separar uma mãe e a criança (em caso de divórcio). E proibido deixar a amiga da esposa agir de forma tola e imoral e não dizer nada; deixar o olhar vagar por toda parte, e de seguir um olhar acidental com um olhar intencional.
Navegação de Artigos:
<< Artigo Anterior || Próximo Artigo >>

Compartilhar esse Artigo:
Url
BBCode
HTML

Centro Islâmico de Taubaté © 2009-2017, todos os direitos reservados.
Rua Benedito Silveira Moraes, 221, Bairro Jardim do Sol - Taubaté - SP. CEP: 12070-290. Fones: (12) 3624-8602 / 3411-1940.
E-mail:
siteluzdoislam@gmail.com

2,430,407 visitas únicas

site desenvolvido por www.wsdbrasil.com.br

Powered by PHP-Fusion copyright © 2002 - 2017 by Nick Jones. Released as free software without warranties under GNU Affero GPL v3