Fones: (12) 3624-8602 / 3411-1940
Email: siteluzdoislam@gmail.com

Hierarquia dos Artigos
Início dos Artigos » Adoração e Prática » Acumule Bênçãos nas Mesquitas
Tamanho da Fonte
Acumule Bênçãos nas Mesquitas
Descrição: Por que seu coração deve estar vinculado à mesquita.
Por Aisha Stacey (© 2013 IslamReligion.com)
Publicado em 17 Jun 2013 - Última modificação em 17 Jun 2013
Visualizado: 211 (média diária: 9) - Classificação: nenhum ainda - Classificado por: 0
Impresso: 4 - Enviado por email: 1 - Comentado em: 0

Categoria: Artigos > Adoração e Prática > Moral e Práticas Islâmicas

São sete aqueles que Deus acolherá em Sua sombra no dia em que não haverá sombra exceto a Dele: um líder justo, um jovem que cresce adorando a Deus, um homem cujo coração está vinculado à mesquita, dois homens que se amam em nome de Deus e se  reúnem e se afastam em nome de Deus, um homem que se lembra de Deus quando está sozinho e seus olhos se enchem de lágrimas, um homem que se recusa a aproximar-se de uma mulher bela e nobre dizendo "temo a Deus" e um homem que faz caridade e a omite para que sua mão esquerda não saiba o que sua mão direita dá.[1]

Seu coração está vinculado à mesquita?  No que você pensa quando vê sua mesquita?  E quando vê mesquitas ao redor do mundo? Como se sente?  Lembra-se da bela arquitetura, dos altos minaretes e do som melódico do chamado para a oração?  Imagina linhas de crentes orando em companhia agradável?  Pode ouvir os sons do silêncio?

A mesquita é todas essas coisas e sentir uma atração especial deve ser fácil.  É um local de serenidade ocupado não apenas por pessoas, mas também por anjos.  A arquitetura vai do clássico islâmico a projetos arrojados. Dentro da mesquita encontram-se colunas, escadas em espiral, tapetes e caligrafia árabe.  Do lado de fora existem domos e minaretes, fontes de água e prateleiras de sapatos.  As mesquitas são diferentes, assim como os muçulmanos, e vêm em todas as formas e tamanhos. Entretanto, de um jeito ou de outro são todas a mesma coisa. Uma mesquita é um lugar em que os muçulmanos adoram Deus.

Espera-se que os homens, em circunstâncias normais, realizem as cinco orações obrigatórias em uma mesquita e embora as mulheres também tenham permissão de fazê-lo, não é obrigatório para elas.   É nessas mesquitas silenciosas e tranquilas que os muçulmanos cumprem o direito de Deus a ser adorado, mas também podem acumular recompensas e boas ações para a outra vida.  Orar na mesquita e estar vinculado à mesquita é uma ação muito virtuosa e recompensável.[2]

O profeta Muhammad, que Deus o louve, continuamente lembrava seus seguidores de que Deus ama e recompensa àqueles que encontram repouso e conforto nas mesquitas.

Quando uma pessoa vai às mesquitas para orar e lembrar-se de Deus, Deus, o Altíssimo, o saúda com alegria, assim como a família de alguém que está ausente o saúda com alegria quando retorna. [3]

A mesquita é a casa de cada pessoa virtuosa e Deus concedeu conforto e misericórdia para todos que têm a mesquita como sua casa e que facilmente cruzarão a ponte para o paraíso de Deus. [4]

Existem seis lugares nos quais uma pessoa tem proteção garantida de Deus, o Altíssimo: em uma mesquita congregacional, com uma pessoa doente, em um funeral, em sua casa, com um líder justo a quem dá apoio e trata com respeito ou um lugar em que as pessoas estão lutando o jihad.[5]

O sentimento reconfortante que vem de agradar a Deus e até mais recompensas, podem ser obtidos limpando ou construindo mesquitas.   Aisha, a amada esposa do profeta Muhammad, disse que o marido frequentemente lembrava ao povo que Deus ordenou que as mesquitas fossem construídas entre as casas e que as mantivessem limpas e perfumadas.[6]

Quem construir uma mesquita buscando agradar a Deus, Deus construirá uma semelhante para ele no paraíso.[7]

Quem construir uma mesquita para o Deus Poderoso e Majestoso, mesmo que seja bem pequena, Deus construirá para ele uma casa no paraíso.[8]

Uma vez, enquanto construíam uma mesquita, um companheiro do profeta Muhammad notou que ele carregava um pedaço pesado de argamassa.  Ofereceu para carregá-lo, mas o profeta Muhammad lembrou-lhe de que não há vida melhor que no paraíso e sugeriu que ele carregasse seu próprio pedaço de argamassa por essa causa nobre.[9]

Nas tradições do profeta Muhammad podemos encontrar a história de uma mulher que limpava e coletava lixo na mesquita.  O profeta Muhammad não sabia da morte dela, mas quando não a viu perguntou sobre ela.  Disse a seus companheiros: “Se um de vocês morrer, me informem!”  Então orou a oração fúnebre para ela e disse: “Eu a vi no paraíso! Foi recompensada por limpar a mesquita.”

O profeta Muhammad também lembrou seus seguidores que: “Depois que o crente morre, é seguido por parte do seu trabalho e boas ações, incluindo conhecimento que ensinou e propagou, um filho piedoso (que suplica a Deus por seu pai ou mãe), um Alcorão que doou, uma mesquita que construiu, uma casa que construiu para o viajante, um rio que fez transbordar ou caridade que extraiu se sua riqueza durante sua vida enquanto teve boa saúde."

Conforto, paz, tranquilidade, boa companhia, anjos e recompensas podem ser encontrados nas mesquitas e elas estão entre os melhores lugares na terra.  O profeta Muhammad disse que os lugares mais amados por Deus são as mesquitas e os mais odiados são os mercados.[10]

As mesquitas são lugares especiais cheias de bênçãos e recompensas, entretanto, Deus conferiu bênçãos especiais à nação dos muçulmanos e toda a terra foi declarada uma mesquita. Assim, quando a hora da oração chega e um crente é incapaz de orar em congregação em uma edificação, pode orar onde quer que esteja.[11]

O companheiro Abu Dharr perguntou ao profeta Muhammad: “Qual foi a primeira mesquita na terra?” Ele respondeu: “A masjid al-Haram [em Meca].” Abu Dharr então perguntou: “Qual é a segunda mais antiga?” O profeta disse: “A mesquita de al-Aqsa.” Abu Dharr perguntou: “Qual o tempo entre a construção das duas mesquitas?” O profeta respondeu: "Quarenta anos.” Então ele disse: “Onde quer que esteja na hora da oração você pode orar, porque toda a terra é um lugar para oração.”[12]



Footnotes:

[1] Saheeh Bukhari, Saheeh Muslim

[2] Para informações mais detalhadas sobre mesquitas veja http://www.islamreligion.com/articles/2748/

[3] Ibn Majah, Ibn Khuzaimah e outros.

[4] At-Tabarani em al-Kabeer.

[5] Ibid.  Declarado Hasan por Sheikh al Albanni

[6] Abu Dawood, Ibn Majah & At Tirmidhi.

[7] Saheeh Bukhari, Saheeh Muslim

[8] At Tabarani

[9] Imam Ahmad.

[10] Saheeh Muslim

[11] Refere-se a homens e mulheres, exceto se declarado de outra forma.

[12] Saheeh Bukhari, Muslim & outros.

leia o artigo original em: http://www.islamreligion.com/pt/articles/4271/

Navegação de Artigos:
<< Artigo Anterior || Próximo Artigo >>

Compartilhar esse Artigo:
Url
BBCode
HTML

Centro Islâmico de Taubaté © 2009-2018, todos os direitos reservados.
Rua Benedito Silveira Moraes, 221, Bairro Jardim do Sol - Taubaté - SP. CEP: 12070-290. Fones: (12) 3624-8602 / 3411-1940.
E-mail:
siteluzdoislam@gmail.com

2,888,841 visitas únicas

site desenvolvido por www.wsdbrasil.com.br

Powered by PHP-Fusion copyright © 2002 - 2018 by Nick Jones. Released as free software without warranties under GNU Affero GPL v3