Fones: (12) 3624-8602 / 3411-1940
Email: siteluzdoislam@gmail.com

Hierarquia dos Artigos
Início dos Artigos » Profeta Muhammad SAAW » O Caráter do Profeta (S)
Tamanho da Fonte
O Caráter do Profeta (S)
dessa espécie de entrevero, desde que o retaliante não exceda (o limite do agravo). Caso se exceda, tão-somente ele irá arcar com o pecado do seu excesso, porquanto apenas lhe é permitido responder na mesma medida.
Allah, o Altíssimo, diz: “... e o delito será expiado com o talião; mas, quanto àquele que indultar (possíveis ofensas dos inimigos) e se emendar, saiba que a sua recompensa pertencerá a Allah, porque Ele não estima os agressores” (Alc. 42:40).
Deve-se notar que é melhor não retaliarmos, mas sermos pacientes e controlados, como foi indicado no hadice relacionado com o incidente sobre Abu Bakr, mencionado acima.
3. O Profeta (S) disse: “Os mais abomináveis dos homens, aos olhos de Allah, são os que se mostram os mais veementes nos argumentos.” [Bukhári e Musslim.]
Isso significa que Allah não gosta da pessoa que é teimosa e rixenta, que discute com o seu oponente, não para mostrar falha na sua linha de raciocínio, mas meramente para o desdenhar, ou para mostrar superioridade sobre ele (essa é a explicação de Al Sanani).1


A Humildade do Profeta (S)

1. Deus (SWT) diz: “... e abaixa gentilmente as asas para os crentes” (Alc. 15:88).
2. Anas Ibn Málik narrou: “O Profeta (S) tinha a melhor maneira dentre todas as pessoas. Eu tinha um irmãozinho chamado Abu Umair, que estava sendo desaleitado. Quando o Profeta (S) veio até nós, perguntou: ‘Abu Umair, que é do nughair? referindo-se a um pequeno pássaro com o qual ele brincava1.’” [Bukhári e Muslim.]
3. Al Aswad Ibn Yazid al Nakhi narrou: “Perguntei para a Aicha o que o Profeta (S) costumava fazer quando estava em casa. Ela respondeu: ‘Costumava ocupar-se em servir a e ajudar na domesticidade; quando chegava a hora da oração, fazia a ablução, e saía para a oração.’” [Bukhári.]
4. Anas Ibn Málik narrou: “Até uma menininha podia segurar a mão do Profeta (S) e levá-lo aonde quisesse.” [Al Bukhari.]
5. Anas Ibn Málik narrou: “Ninguém lhes era mais querido (aos Companheiros) do que o Mensageiro de Allah (S); quando o viam, não se punham de pé para ele, cônscios que estavam praticando algo para o desprazer dele quanto àquela atitude.” [Transmitido por Ahmad e Tirmizi, juntamente com uma corrente de autênticos narradores.]
6. O Profeta (S) disse: “Não me exalteis, como os cristãos exaltavam o Issa Ibn Mariam2, pois eu sou apenas um servo; portanto, chamai-me ‘o servo de Allah’ e o ‘Seu Mensageiro’” [Bukhári.]
7. “O Profeta (S) costumava visitar os ansar, cumprimentava as crianças deles e afagava as cabeças delas.” [Sahih, transmitido por Nassá’i.]
8. “Ao Profeta (S) nunca foi pedido algo sem que ele desse (se pudesse), ou ficasse silente (se não pudesse).” [Sahih, transmitido por Al Hakim.]
9. “O Profeta (S) costumava ir ter com os fracos, entre os muçulmanos, a fim de visitar os doentes; e acompanhava-lhes os préstitos fúnebres.” [Sahih, transmitido por Abu Ya’la.]
10. “O Profeta (S) costumava ficar na parte de trás da caravana para ajudar os fracos, dar-lhes apoio e suplicar por eles.” [Sahih, transmitido por Abu Dawud.]
11. “O Profeta (S) mencionava com freqüência o nome de Allah, e raramente se engajava em conversa fiada; dizia as orações detalhadamente, proferia curtos sermões, não se furtava em caminhar com uma viúva, um pobre, ou um escravo, até que conseguisse para eles o que necessitavam.” [Sahih, transmitido por Nassá’i.]
12. “O Profeta costumava sentar-se no chão, comer (estando sentado) no chão, tratar das ovelhas, e atender os convites dos escravos para com eles comer pão de centeio.” [Tabarani.]
13. “As pessoas não eram empurradas ou levadas para longe dele.” [Sahih, transmitido por Tabarani.]
14. “O Profeta (S) nunca rejeitava perfumes.” [Bukhári.]
15. “O Profeta (S) costumava brincar com Zainab Bint Ummu Salama3; ele dizia repetidamente: ‘Ya Zuwainab, ya Zuwainab.4’” [Sahih, transmitido por Al Dhiyá.]
16. Jabir narrou: “O Profeta (S) e Abu Bakr vinham ter comigo, caminhando juntos.” [Bukhári.]
17. Anas narrou: “O Profeta (S) passava perto de criancinhas brincando, e as cumprimentava.” [Musslim.]
18. Aicha narrou que o Mensageiro de Deus (S) costumava remendar suas sandálias, costurar suas próprias roupas, e se conduzir no lar, tal qual um de vós faz na sua casa. Era um ser humano comum, limpava suas roupas, ordenhava suas ovelhas, e fazia suas próprias tarefas.” [Tirmizi, e verificado por Al Albani como sahih.]
19. Anas narrou: “Servi o Mensageiro de Deus (S) desde o tempo em que eu tinha oito anos de idade, e ele nunca me culpou por nada que ficasse danificado por minha culpa. Se algum membro da sua família me recriminasse, ele dizia: ‘Deixa-o em paz; porque se algo for decretado, certamente irá acontecer.’” [Al Baihaqui, e graduado sahih por Al Albani.]


Ahadice Quanto à Humildade

1. O Profeta (S) disse: “Allah me tem revelado que vós deveis ser humildes de modo a ninguém se considerar superior a outro. Ninguém deverá cometer agressão contra outro.” [Musslim.]
2. O Profeta (S) disse: “A caridade não faz diminuir a riqueza. Allah
Navegação de Artigos:
<< Artigo Anterior || Próximo Artigo >>

Compartilhar esse Artigo:
Url
BBCode
HTML

Centro Islâmico de Taubaté © 2009-2017, todos os direitos reservados.
Rua Benedito Silveira Moraes, 221, Bairro Jardim do Sol - Taubaté - SP. CEP: 12070-290. Fones: (12) 3624-8602 / 3411-1940.
E-mail:
siteluzdoislam@gmail.com

2,456,502 visitas únicas

site desenvolvido por www.wsdbrasil.com.br

Powered by PHP-Fusion copyright © 2002 - 2017 by Nick Jones. Released as free software without warranties under GNU Affero GPL v3