Fones: (12) 3624-8602 / 3411-1940
Email: siteluzdoislam@gmail.com

Hierarquia dos Artigos
Início dos Artigos » Profeta Muhammad SAAW » As Maneiras
Tamanho da Fonte
As Maneiras


Lições a serem tiradas do hadice

a) Não é permissível a um muçulmano usar trajes iguais aos dos incrédulos, ou adornar-se com os uniformes deles, como resultado do dizer do Profeta: “Quem imitar certos indivíduos tornar-se-á um deles.” [Sahih, transmitido por Abu Dawud.]
O hábito de a pessoa usar calças apertadas, como as do tipojeans, tornou-se disseminado em muitos dos países muçulmanos. Um dos eruditos, em resposta a uma pergunta feita por um jovem acerca do uso de calças apertadas, disse: “É proibido, porque faz sobressair as partes íntimas da pessoa, e é ainda um modo de imitar os incrédulos.”
b) Os chapéus (bonés, quepes, gorros, boinas, etc.) são símbolos de nações, e muitos muçulmanos imitam os incrédulos, ao usá-los. Quanto aos soldados, em muitos países muçulmanos, tem-lhes sido feito usarem quepes já usados pelos incrédulos. Ainda, alguns muçulmanos ricos – e os trabalhadores – usam esses chapéus (bonés, boina, etc.) sob o pretexto de resguardarem do sol as cabeças. Na verdade, cobrirem as cabeças com turbantes, ou mesmo com lenços, seria melhor para eles, e os tornaria menos parecidos com os incrédulos.
Infelizmente, essa cega imitação se espalhou de tal forma, que as pessoas não se conscientizam de que suas ações estão a violar as injunções da chari’a1. Nada há que possamos fazer, a não ser dizermos “Inna lilláhi wa inna ilaihi rájiun “, que significa: “A Deus pertencemos, e a Ele retornaremos.” Como poderemos lutar contra os incrédulos, se os imitarmos nas suas vestes e em outros hábitos? O que deveríamos fazer era imitarmo-los nas questões benéficas, como no fabrico de aviões, de computadores, e de e coisas que nos iriam ajudar no desenvolvimento do nosso povo e da nossa nação.


O Código de Vestimenta das Muçulmanas

1. Deus (SWT) diz: “Ó Profeta, dize para tuas esposas, tuas filhas e para as mulheres dos crentesque (quando saírem) se cubram com suas mantas; isso é mais conveniente, e para que se distingam e não sejam molestadas; sabei que Deus é Indulgente, Misericordiosíssimo” (Alc. 33:59).
2. O Profeta (S) disse: “Quanto àquele que andar arrastando no chão a sua roupa infeiror, saiba que Deus não lhe olhará, no Dia da Ressurreição.” Ummu Salama perguntou: “Que deverão as mulheres fazer quanto às suas ilimitadas longas vestes?” Ele respondeu: “Deverão dobrar a barra cinco centímetros.” Ela disse: “Nesse caso seus pés iriam ficar à mostra!” O Profeta disse: “Então deverão dobrar dois centímetros, mas não mais.” [Al Tirmizi, que disse ser hasan-sahih.]

Lições a serem tiradas doversículo e do hadice

a) A roupa da mulher deve ser folgada, e comprida o suficiente para lhe cobrir os pés. A questão é diferente no caso dos homens, aos quais o Profeta (S) ordenou estenderem suas vestes até ao meio das canelas. Todavia, na nossa era, a situação tem sido completamente revertida, sendo que os homens têm encompridado suas roupas para abaixo dos tornozelos, desse modo sujeitando-se ao Fogo do Inferno. As mulheres, ao contrário, têm encurtado seus vestidos até aos joelhos, ou mesmo acima deles. Esse fato talvez lhes vá privar de entrarem no Paraíso, como nos informou o Profeta (S) no hadice: “As mulheres que, embora vestidas, estão nuas (sedutoras), andam a balançar seus cabelos feitos gibas côncavas de camelos, não entrarão no Paraíso, nem mesmo irão sentir-lhe a fragrância e, na verdade, sua fragrância irá ser percebida duma longa distância.” [Muslim.]
Isto significa que a mulher que expõe seus pés ou partes do seu corpo, ou se movimenta duma maneira provocante, ou penteia seus cabelos de modo a parecerem gibas de camelos, não entrará no Paraíso até que receba o seu castigo.
b) Uma vez que não é permissível uma mulher expor seus pés, é mais apropriado que ela não exponha o seu rosto, porque ele seria identificado. Aliás, a tentação é mais provável de acontecer por meio dum rosto exposto do que de pés expostos. As mulheres que não cobrem os seus corpos tendem a imitar as incrédulas e as estrangeiras. Um hadice do Profeta (S ) diz: “Aquele que imita certos indivíduos torna-se um deles.” [Sahih, transmitido por Abu Dawud.]
Não constituiria problema se nós os imitássemos nas invenções úteis, como na construção de submarinos. Contudo, é como o poeta relatou:

Eles imitam os ocidentais,
Mas nos assuntos imorais;
E, em vez de aproveitarem o benéfico,
Atêm-se ao que é maléfico.

c) A responsabilidade por esse estado de coisas recai sobre o pai, o marido, o irmão, e sobre todos aqueles que são responsáveis por cuidarem das mulheres. O Profeta (S) disse: “Cada um de vós é um protetor e guardião daqueles sob os seus cuidados, e é responsável por suas ações.” [Al Bukhari e Muslim.]


Quanto ao Uso do Ouro e dos Anéis de Sinete

1. Anas (R) narrou: “O Profeta (S) trabalhou um anel de prata, e fez
Navegação de Artigos:
<< Artigo Anterior || Próximo Artigo >>

Compartilhar esse Artigo:
Url
BBCode
HTML

Centro Islâmico de Taubaté © 2009-2017, todos os direitos reservados.
Rua Benedito Silveira Moraes, 221, Bairro Jardim do Sol - Taubaté - SP. CEP: 12070-290. Fones: (12) 3624-8602 / 3411-1940.
E-mail:
siteluzdoislam@gmail.com

2,252,442 visitas únicas

site desenvolvido por www.wsdbrasil.com.br

Powered by PHP-Fusion copyright © 2002 - 2017 by Nick Jones. Released as free software without warranties under GNU Affero GPL v3