Fones: (12) 3624-8602 / 3411-1940
Email: siteluzdoislam@gmail.com

Hierarquia dos Artigos
Início dos Artigos » Sistemas no Islam » Saúde no Islã (parte 1 de 4)
Tamanho da Fonte
Saúde no Islã (parte 1 de 4)
Descrição: O Islã é um modo de vida que adota uma abordagem holística para a saúde.
Por Aisha Stacey (© 2015 IslamReligion.com)
Publicado em 15 Jun 2015 - Última modificação em 13 Jul 2015
Visualizado: 416 (média diária: 8) - Classificação: nenhum ainda - Classificado por: 0
Impresso: 0 - Enviado por email: 0 - Comentado em: 0

Categoria: Artigos > Sistemas no Islã > Saúde e Nutrição

Islã vem da palavra raiz "sa-la-ma", assim como a palavra Muslim (muçulmano, aquele que segue a mensagem do Islã).  A palavra raiz "sa-la-ma" denota paz, segurança e implica submissão a Deus, Todo-Poderoso.  Essa segurança é inerente à submissão ao Deus Único.  Quando uma pessoa se submete à vontade de Deus, experimenta uma sensação inata de segurança e tranquilidade.  Também deve entender que Deus é o Criador de tudo que existe ou virá a existir e tem poder sobre todas as coisas.  Com essa submissão e compreensão vem paz - real, facilmente alcançável e eterna.

Desde o início dos tempos Deus Se revelou por meio de profetas e mensageiros, que vieram com uma mensagem.  Adorar a Deus, sem parceiros, sem descendência e sem intermediários.  As regras e leis às vezes foram diferentes porque eram aplicáveis para o povo de uma época ou lugar em particular, mas a crença de todo mensageiro foi a mesma.  Adore a Mim e sua recompensa será contentamento nessa vida e na próxima.  Quando o profeta Muhammad veio, no século 7, a mensagem dele era ligeiramente diferente.  Chamou para a adoração do Deus Único, mas seu chamado era para toda a humanidade.  A mensagem estava agora completa e revelada para todos os lugares e todas as épocas.

O Islã foi completado para o benefício de todos que existirão até o Dia do Juízo.  Não é uma religião que pertence aos árabes, embora o profeta Muhammad, que a misericórdia e bênçãos de Deus estejam sobre ele, fosse um árabe, nem é uma religião para os países asiáticos ou do terceiro mundo.  Os muçulmanos existem em todos os continentes e vêm de todas as raças e etnias.  Existem muçulmanos em Nova Iorque, Sidnei, Cape Town e Berlim, assim como no Cairo, Kuala Lumpur e Dubai.  Os muçulmanos são tão diversificados quanto esse magnífico planeta.  O Islã também não é uma religião que aceita comprometimento parcial.  O Islã é um modo de vida, um modo holístico de vida.

Quando Deus criou o mundo, não o abandonou à instabilidade e insegurança e, ao contrário, enviou orientação.  Enviou uma corda, firme e segura, e segurando firmemente essa corda um ser humano insignificante pode alcançar grandeza e paz eterna.  Um muçulmano se empenha para obedecer aos mandamentos de Deus e o faz seguindo a orientação de Deus para a vida - o Alcorão e os ensinamentos e tradições autênticos do profeta Muhammad.

O Alcorão é um livro de orientação e as tradições do profeta Muhammad explicam e, em alguns casos, expandem essa orientação.  O Islã, como um modo completo de vida, enfatiza a importância de manter boa saúde e oferece as maneiras e meios de lidar com a saúde ruim.  O Alcorão é um livro de sabedoria.  Um livro cheio da maravilha e glória de Deus e um testamento à Sua misericórdia e justiça.

Através de Sua infinita misericórdia, Deus nos forneceu uma abordagem holística da vida, que cobre todos os aspectos, espiritual, emocional e físico.  Quando Deus criou a humanidade, o fez com um propósito - adorá-Lo.

"E não criei a Humanidade e os Jinns exceto para Me adorarem." (Alcorão 51:56)

A abrangência do Islã permite que todos os aspectos da vida, do sono ao banho, orar e trabalhar, seja um ato de adoração.  Quem verdadeiramente se submete a Deus é grato pelas bênçãos incontáveis em sua vida e quer agradecer e louvar a Deus por Sua generosidade, bondade e misericórdia.  O profeta Muhammad explicou que devemos ser gratos a Deus em todas as situações, independente de a percebermos como boa ou ruim.  A realidade é que Deus é justo e, portanto, o crente sabe que qualquer que seja a situação em que se encontre, nela há benefício e sabedoria.

"De fato os assuntos de um crente são surpreendentes! Todos são para seu benefício. Se lhe for concedida facilidade é agradecido e é bom para ele. E se for afligido com dificuldade e persevera, é bom para ele." (Muslim)

A vida desse mundo não é estável.  Toda pessoa passa por etapas e fases. A felicidade é seguida pela tristeza e então por alívio e alegria. A fé é forte e inabalável e aparentemente sem razão se abala e depois, pela vontade de Deus, lentamente volta a aumentar.  Períodos de muita saúde e aptidão física são seguidos por ferimentos ou doença, mas com cada pontada de dor ou sofrimento um verdadeiro crente sente que alguns de seus pecados são removidos.

"Sempre que um muçulmano é afligido pela doença ou outros problemas, Deus expiará seus pecados, como folhas que caem de uma árvore." (Bukhari e Muslim)

O Islã nos ensina a nos preocuparmos com a pessoa como um todo.  Seguir a orientação e mandamentos de Deus nos permite enfrentar a doença e a injúria com paciência.  Reclamar e lamentar nossa situação não levará a nada, a não ser mais dor e sofrimento.  Nossos corpos e mentes nos foram dados em confiança e somos responsáveis por eles.  A orientação de Deus cobre todos os aspectos da vida e existem meios específicos de lidar com problemas de saúde, que começaremos a explorar no próximo artigo.

http://www.islamreligion.com/pt/articles/1878/saude-no-isla-parte-1-de-4/

Navegação de Artigos:
<< Artigo Anterior || Próximo Artigo >>

Compartilhar esse Artigo:
Url
BBCode
HTML

Centro Islâmico de Taubaté © 2009-2018, todos os direitos reservados.
Rua Benedito Silveira Moraes, 221, Bairro Jardim do Sol - Taubaté - SP. CEP: 12070-290. Fones: (12) 3624-8602 / 3411-1940.
E-mail:
siteluzdoislam@gmail.com

2,885,540 visitas únicas

site desenvolvido por www.wsdbrasil.com.br

Powered by PHP-Fusion copyright © 2002 - 2018 by Nick Jones. Released as free software without warranties under GNU Affero GPL v3