Fones: (12) 3624-8602 / 3411-1940
Email: siteluzdoislam@gmail.com

Hierarquia dos Artigos
Início dos Artigos » O Alcorão Sagrado » Dez mandamentos no Alcorão (parte 1 de 3)
Tamanho da Fonte
Dez mandamentos no Alcorão (parte 1 de 3)
Descrição: Uma revisão do que são os Dez mandamentos e o lugar deles nas crenças judaica, cristã e islâmica.
Por Kamil Mufti (© 2015 IslamReligion.com)
Publicado em 12 Oct 2015 - Última modificação em 12 Oct 2015
Visualizado: 344 (média diária: 12) - Classificação: nenhum ainda - Classificado por: 0
Impresso: 0 - Enviado por email: 0 - Comentado em: 0

Categoria: Artigos > Religião Comparada > Judaísmo
Categoria: Artigos > O Alcorão Sagrado > Pérolas do Alcorão

TenCommandmentsIntro.jpgAo ler o título, algumas pessoas podem pensar nos "Dez Mandamentos",[1] um dos filmes de maior sucesso financeiro [2] e classificado como um dos dez melhores já feitos.[3] Ou o título pode trazer memórias do debate nacional sobre colocar os "Dez Mandamentos" como propriedade pública e usá-lo em escolas públicas, que terminou na Suprema Corte em 2005.

Deixando de lado os filmes e a mídia, os fatos básicos sobre os Dez mandamentos são pouco conhecidos. É por isso que nos próximos três artigos exploraremos o que são os Dez mandamentos. Quem os segue? Qual sua relevância para a vida americana (moderna)? Quais soluções, se existirem, eles fornecem para os desafios da atualidade?

Comecemos com o básico. Os Dez mandamentos têm origem na religião judaica, mas também são encontrados nas Bíblias cristãs. Diz-se que foram inscritos em duas tábuas que foram dadas por Deus a Moisés. Na Bíblia foram registrados em Êxodo 20:2-17 e Deuteronômio 5:6-21. A lista em Êxodo é mais comumente aceita pelos cristãos. A Enciclopédia Britânica a descreve como uma "lista de preceitos religiosos que... foram divinamente revelados a Moisés no monte Sinai e gravados em duas tábuas de pedra." [4]

"O Judaísmo ensina que a primeira tábua, contendo as cinco primeiras declarações, identifica os deveres referentes à nossa relação com Deus enquanto que a segunda tábua, contendo as últimas cinco declarações, identifica os deveres referentes à nossa relação com as outras pessoas." [5] Os católicos acreditam que "os Dez mandamentos são preceitos que sustentam as obrigações fundamentais da religião e moralidade, personificando a expressão revelada da vontade do Criador em relação ao dever completo do homem com Deus e outras criaturas." [6] As versões hebraica, protestante e católica diferem. Esse não é um fato bem conhecido.[7]

Que lugar ocupa a versão bíblica na sociedade moderna? Os judeus são cuidadosos em não os enfatizar muito publicamente, para não criar a impressão de que o Judaísmo só tem esses dez mandamentos e não outros. Os teólogos cristãos, por outro lado, os consideram a lei moral de Deus para guiar a sociedade, um padrão de modelos para medir a saúde da sociedade. Como resultado, o lugar que esses mandamentos devem ter nas sociedades ocidentais e seculares é um assunto muito debatido. Devem ser parte do ensino público? Podem ser exibidos em público? As questões têm sido debatidas até pela Suprema Corte dos EUA. Apesar da atenção, a maioria dos mandamentos são simplesmente ignorados pela sociedade. Os secularistas até consideram a versão bíblica como intolerante.

Na fé islâmica é dada grande ênfase nesses mandamentos: três versículos no Alcorão, o livro sagrado do Islã, falam deles. Os companheiros do profeta Muhammad enfatizaram sua centralidade.

O Alcorão fala deles na surata Anaam, 6:151-153 e surata Isra’, 17:23-39. A surata Isra’ 17:23-39 é como um comentário sobre os mandamentos listados na surata Anaam. Alguns sábios os chamam de "versículos dos dez mandamentos", simplesmente porque falam dos dez mandamentos significativos a serem observados por um muçulmano. O Alcorão não afirma diretamente que são os mesmos mandamentos dados a Moisés.

Ibn Mas’ud, um companheiro famoso do Profeta Muhammad, disse [8]:

"Quem quiser verificar a vontade do profeta Muhammad sobre a qual o profeta colocou seu selo, deixava-o ler a Declaração de Deus e então recitava os três versículos."

O próprio profeta do Islã disse:

"Quem dentre vocês me prometerá fazer três coisas" e então recitou o versículo 6:151 e continuou "Quem cumprir (essa promessa) sua recompensa será com Deus, mas quem falhar e Deus o punir nessa vida, essa será sua recompensa. E a quem Deus adiar (seu cômputo) até a Outra Vida, então sua questão é com Deus. Se Ele quiser poderá puni-lo ou perdoá-lo." [9]

Em resumo, na visão islâmica esses mandamentos contêm o que Deus deseja para a vida de todas as pessoas. Têm cinco ordens e um número semelhante de proibições que definem a relação do homem com seu Criador, as obrigações do homem com sua família e os mandamentos que ordenam sua vida social. O que se segue são os dez mandamentos do Alcorão e sua relevância para a vida moderna.



Notas de rodapé:

[1] Deve ser esclarecido que os ensinamentos islâmicos não são favoráveis à retratação de profetas de Deus em imagens ou na tela.

[2] (http://www.boxofficemojo.com/alltime/adjusted.htm)

[3] (http://www.afi.com/10top10/epic.html)

[4] "Ten Commandments." Encyclopedia Britannica. Encyclopedia Britannica Online. Encyclopedia Britannica Inc., 2012. Web. 10 Jan. 2012. (http://www.britannica.com/EBchecked/topic/587032/Ten-Commandments).

[5] (http://www.jewfaq.org/10.htm)

[6] (http://www.newadvent.org/cathen/04153a.htm)

[7] The Ten Commandments as Public Ritual. Colaboradores: Derek H. Davis - autor. Título do jornal: Journal of Church and State. Volume: 44. Edição: 2. Ano de publicação: 2002. Número da página: 221.

[8] Tirmidhi

[9] Hakim disse: "Sua cadeia é Sahih e não o registraram."

http://www.islamreligion.com/pt/articles/5114/dez-mandamentos-no-alcorao-parte-1-de-3/

Navegação de Artigos:
<< Artigo Anterior || Próximo Artigo >>

Compartilhar esse Artigo:
Url
BBCode
HTML

Centro Islâmico de Taubaté © 2009-2018, todos os direitos reservados.
Rua Benedito Silveira Moraes, 221, Bairro Jardim do Sol - Taubaté - SP. CEP: 12070-290. Fones: (12) 3624-8602 / 3411-1940.
E-mail:
siteluzdoislam@gmail.com

2,885,488 visitas únicas

site desenvolvido por www.wsdbrasil.com.br

Powered by PHP-Fusion copyright © 2002 - 2018 by Nick Jones. Released as free software without warranties under GNU Affero GPL v3