Fones: (12) 3624-8602 / 3411-1940
Email: siteluzdoislam@gmail.com

Hierarquia dos Artigos
Início dos Artigos » O Caráter do Muçulmano » Reconhecimento da Grandeza
Tamanho da Fonte
Reconhecimento da Grandeza
CONSERVE SEU PEITO LIVRE DE RANCOR E DA INIMIZADE

Reconhecimento da Grandeza
Shaikh Mohamad Al Ghazali
Tradução: Prof. Samir El Hayek

Qual seria uma maneira melhor de consolar os corações, de aliviar os sofrimentos e de refrescar os olhos, senão a de viver uma existência com um coração sadio e em paz. Para isso, será preciso que o peito esteja livre das perturbações do rancor, do ciúme e dos maus pensamentos em relação aos outros. O homem deve ficar feliz de ver os outros desfrutando os confortos da vida, e deve considerar isto uma graça de Deus e imaginar que todos os servos são dependentes d‘Ele. Ele deve lembrar-se do ditado do Mensageiro de Deus:
“Deus! As dádivas que conferiste a qualquer outra criatura, é possível somente como Sua graça, no que não há ninguém que se iguale a Ti. Todos os meus louvores e gratidão são a Ti.” (Abu Daoud)
Quando um homem encontrar outro que esteja em dificuldade e entristecido, ele deve ter compaixão dele, e suplicar a Deus que elimine as dificuldades dele e lhe perdoe seus pecados, fazendo com que ele se lembre daquela oração que o Profeta havia dirigido a Deus:
“Ó Deus! Se es o Mais Clemente, então perdoa os pecados de todas as criaturas. E não permiti que nenhum dos Teus servos passe por dificuldadesÆå
O†muçulmano deve viver de maneira a que possa simpatizar-se e compartilhar o sofrimento da humanidade. Ele deve ser contente e agradecido por sua vida e deve se contentar com o que quer que Deus lhe tenha dado. Sua pessoa deve estar livre de sentimentos de ciúme e rancor. A corrupção emocional proveniente do rancor e do ciúme é uma doença fatal, e do coração que dela é acometido, a fé desaparece imediatamente, como o líquido que se esvai pela abertura do seu vasilhameÆ
O†Islam dedica uma atenção toda especial ao coração, pois que um coração negro macula os atos religiosos, desfigura a beleza deles, e mancha e ofusca seu brilhoÆ
E†se o coração está resplandecente, então Deus confere a prosperidade mesmo em troca do menor ato de probidade, e em sua direção todo bem se apressa para tomar lugar naquele coraçãoÆ
Narra Abdullah ibn Amar: “Perguntaram ao Mensageiro de Deus quais eram as pessoas que eram grandes em virtuosidade. O Profeta respondeu: “Aquele cujo coração está limpo e tranqüilo, e cuja língua e verdadeira.” Disseram-lhe: “Entendemos o significado da língua verdadeira, mas o que significa ter um coração limpo e tranqüilo.” Ele respondeu: “Aquele que teme a Deus, está isento de maldade, não contem pecados nem insubordinações, ciúme ou rancor.” (Ibn Maja)
Portanto, na realidade, a sociedade muçulmana é realmente aquela que se baseia no amor mútuo, na amizade, na irmandade, no sentimento de cooperação mútua e na honestidade nos negócios. Não há lugar para qualquer pessoa ingrata nessa sociedade, nem lugar para qualquer pessoa que cultive o ciúme e o rancor no seu peito; pelo contrário, sua condição deve ser a seguinte:
“E aqueles que os seguirem dizem: Ó Senhor nosso, perdoa-nos assim como também aos nossos irmãos, que nos precederam na fé, e não infundas em nossos corações rancor algum pelos crentes. Ó Senhor nosso, certamente, Tu és Compassívo, Misericordiosíssimo.” (59ª:10).
Mantenham-se Afastados da Inimizade Mútua

Quando a discussão se intensifica e se aprofundam as suas raízes, e seus espinhos se tornam ramos cada vez mais extensos e numerosos, então o paladar dos frutos da fé é adversamente afetado. A delicadeza, a simpatia, a satisfação e a paz que são encorajados pelos ensinamentos Islâmicos sofrem um retrocesso. A realização do culto perde a sua probidade, e a personalidade e a alma não auferem qualquer beneficio dai.
Muitas vezes as discussões mútuas perturbam as pessoas que se julgam sábias. E em tais circunstancias, elas recorrem a baixezas e superficialidades, e as vezes praticam atos arriscados, que só contribuem para aumentar as dificuldades e os problemas. Quando um homem está aborrecido, seus olhos ficam prejudicados e ignoram o camelo mas reclamam do mosquito. Esses olhos não vêem mais a beleza do pavão, porque só enxergam a feiura dos seus pés e unhas em garra. Um único defeito aparente é transformado de cupinzeiro em montanha. E as vezes, o rancor interno e o ciúme os afetam tão profundamente que não vacilam em inventar histórias fantasiosas. O Islam desaprova de tais manifestações de ressentimento e aconselha que se abstenham deles. E proclama que evitá-los é a forma mais virtuosa de adoração (a Deus).
O Profeta disse: “Escutai, não quereis que vos conte sobre algo mais importante que a oração, o jejum e a caridade?” Todos pediram-lhe para contar, e ele disse: “Manter o relacionamento mútuo no pé certo, porque o defeito do relacionamento mútuo é algo que esgota ao máximo, mas não me refiro às vossas clãs e calvas, e sim à religião que afeta a tal ponto que a elimina.” (Tirmizi)
Freqüentemente Satanás não consegue persuadir os homens inteligentes a adorar ídolos, mas como ele é muito afoito em desorientar e arruinar os homens, ele consegue afastá-los de Deus, tanto que esses homens inteligentes se tornam indiferentes ao respeito dos direitos de Deus, mais até do que os próprios idolatras. O método adotado pelo diabo para obter tais resultados é o de semear a inimizade nos corações das pessoas. Quando esta inimizade se transforma num fogo que irrompe em hostilidades abertas, ele fica assistindo a cena. Esse fogo consome o presente e o futuro do homem, transformando-os em cinzas e lhes destrói totalmente seus relacionamentos e virtudes.
O Mensageiro de Deus disse: “O diabo ficou desapontado por não ter
Navegação de Artigos:
<< Artigo Anterior || Próximo Artigo >>

Compartilhar esse Artigo:
Url
BBCode
HTML

Centro Islâmico de Taubaté © 2009-2017, todos os direitos reservados.
Rua Benedito Silveira Moraes, 221, Bairro Jardim do Sol - Taubaté - SP. CEP: 12070-290. Fones: (12) 3624-8602 / 3411-1940.
E-mail:
siteluzdoislam@gmail.com

2,427,975 visitas únicas

site desenvolvido por www.wsdbrasil.com.br

Powered by PHP-Fusion copyright © 2002 - 2017 by Nick Jones. Released as free software without warranties under GNU Affero GPL v3