Fones: (12) 3624-8602 / 3411-1940
Email: siteluzdoislam@gmail.com

Hierarquia dos Artigos
Início dos Artigos » A Crença do Muçulmano » O perdão de pecados
Tamanho da Fonte
O perdão de pecados
Descrição: O amor de Deus pelos crentes que se voltam para Ele buscando perdão por seus pecados e algumas das muitas maneiras pelas quais um crente pode obter o perdão de Deus.
Por Aisha Stacey (© 2016 IslamReligion.com)
Publicado em 18 Apr 2016 - Última modificação em 18 Apr 2016
Visualizado: 190 (média diária: 17) - Classificação: nenhum ainda - Classificado por: 0
Impresso: 2 - Enviado por email: 0 - Comentado em: 0

Categoria: Artigos > Crenças do Islã > Sobre Deus

"Ó servos Meus, que se excederam contra si próprios, não desespereis da misericórdia de Deus; certamente, Ele perdoa todos os pecados, porque Ele é o Indulgente, o Misericordiosíssimo." (Alcorão 39:53)

ForgivenessofSins1.jpgDeus não criou a humanidade para qualquer propósito além de adorá-Lo.  Entretanto, por sermos humanos nos tornamos frágeis e esquecidos, enquanto que ao mesmo tempo nossa humanidade com frequência faz com que nos enchamos de importância e fiquemos orgulhosos e arrogantes.  A arrogância nos faz cometer pecados e nosso esquecimento faz com que cometamos erros que podem facilmente levar a um comportamento pecaminoso.  Deus nos conhece bem, porque é nosso Criador.  Não nos abandonou e nos deixou por conta de nossa natureza imperfeita; Ele nos proveu com oportunidades inumeráveis de nos voltarmos para Ele em busca de perdão.  De fato, Deus ama que sintamos remorso e nos voltemos para Ele buscando Seu perdão e conforto. O profeta Muhammad, que a misericórdia e bênçãos de Deus estejam sobre ele, disse aos seus companheiros e a todos os que os seguem em retidão: "Se não cometerem pecados Deus os substituirá por outro povo que cometa pecados e Lhe peça perdão. E Ele os perdoará." [1] Isso não é um encorajamento ao pecado, mas demonstra a Misericórdia infinita de Deus.

A porta para o perdão está sempre aberta

Deus em Sua infinita sabedoria facilitou o caminho para o perdão. Se não fossemos capazes de buscar e obter o perdão de Deus seríamos pessoas miseráveis, cheias de desespero e auto aversão. É por essa razão que não existem transgressões tão grandes ou pecados tão pequenos que Deus não perdoará. Todos os pecados são perdoáveis e a porta para o perdão está sempre aberta quase até o Dia do Juízo chegar.

"E voltai, contritos, para vosso Senhor, porque quando o tormento recair sobre vós, não sereis socorridos." (Alcorão 39:54)

Quando Deus vê o arrependimento sincero de um dos crentes - uma pessoa que verdadeiramente se volta para Deus com temor e esperança - Ele não só perdoa o pecado, mas também substitui os pecados por boas ações dignas de recompensa. Isso é parte da misericórdia infinita de Deus.

"Salvo aqueles que se arrependerem, crerem e praticarem o bem; a estes, Deus computará as más ações como boas, porque Deus é Indulgente, Misericordiosíssimo." (Alcorão 25:70)

Deus também perdoa nossos pecados por meio das dificuldades que enfrentamos em nossas vidas. Quando somos afligidos com uma doença ou sofrimento em circunstâncias desfavoráveis, obtemos o perdão se suportarmos nossas dificuldades com paciência, buscando o tempo todo uma recompensa de Deus.

Pecados maiores e menores

Desobedecer a Deus sempre é uma questão séria, mas os sábios do Islã dividiram os pecados em categorias maiores e menores.  Os pecados maiores são aqueles que incorrem na maldição de Allah ou em Sua ira e estão ligados à ameaça de punição com o Inferno, o que inclui o pecado de adorar algo além de Deus, o ato mais grave que um ser humano pode cometer. Outros pecados maiores incluem assassinato, feitiçaria e adultério.  Os pecados menores são definidos como atos que desagradam a Deus, mas não têm uma punição definida mencionada no Alcorão ou nas tradições autênticas.  Entretanto, eles não devem ser tratados com descaso, porque os pecados menores podem facilmente levar aos pecados maiores. Deus nos alerta para levar a sério os pecados menores quando diz: "...considerando leve o que era gravíssimo ante Deus." (Alcorão 24:15)

O profeta Muhammad nos avisou que: "A retidão está no bom caráter e na moralidade e o erro está no que sua alma hesita, naquilo que não gostaria que as pessoas descobrissem."[2]

É fácil obter o perdão de Deus

Como mencionado antes, o arrependimento sincero é capaz de eliminar os pecados de uma pessoa, para sempre e completamente. Envolve remorso genuíno, orar pela misericórdia e perdão de Deus e evitar aquele pecado no futuro. Além disso, Deus também nos deu outras maneiras para que possamos começar de novo, como se fossemos um bebê recém-nascido.

Esses atos incluem um descrente abraçar o Islã e uma pessoa realizar uma peregrinação aceita (Hajj) à Casa de Deus em Meca, Arábia Saudita.

"Dize aos descrentes que, no caso de se arrependerem, ser-lhes-á perdoado o passado..." (Alcorão 8:38)

O profeta Muhammad, que a misericórdia e bênçãos de Deus estejam sobre ele, disse: "Sabem que aceitar o Islã destrói todos os pecados cometidos antes disso?"[3]

"Quem realizar o Hajj em busca do prazer de Deus, não tiver relações sexuais com sua esposa e não fizer o mal ou cometer pecados retornará (depois do Hajj livre de todos os pecados) como se tivesse nascido de novo".[4]

Quanto aos pecados menores, a misericórdia de Deus é tão completa que Ele nos perdoa por nossos pecados até enquanto realizamos atos obrigatórios.  Nas tradições do profeta Muhammad encontramos vários ditos que atestam a esse fato.

"Quem realiza bem a ablução seus pecados sairão de seu corpo, até de sob suas unhas."[5]

"Quando chegar a hora prescrita para a oração, se um crente realizar bem a ablução e oferecer sua oração com humildade e prostração, será uma expiação por seus pecados passados, desde que não cometa um pecado maior; e isso se aplica a todas as vezes."[6]

"...se ele realiza a ablução completamente e vai para a mesquita com a única intenção de fazer a oração e nada o leva à mesquita exceto a oração, então, em cada passo que der na direção da mesquita será elevado em um degrau ou um dos seus pecados será perdoado..."[7]

"Quem jejuar o mês de Ramadã com sinceridade na fé (ou seja, crença) esperando pela recompensa de Deus, então seus pecados passados serão perdoados."[8]

Os pecados podem ser perdoados pela realização de boas ações embora devamos nos empenhar para que essas ações sejam feitas completamente em nome de Deus e não por alguma recompensa terrena. "... porque as boas ações anulam as más. Nisto há mensagem para os que recordam." (Alcorão 11:114)

Deus facilitou para nós obter o Seu perdão, mas isso não vem automaticamente. Deve-se buscar sinceramente o perdão de Deus, sabendo que é somente por meio da misericórdia suprema de Deus que se entra no Paraíso. O profeta Muhammad disse: "Façam as boas ações de maneira apropriada, sincera e moderada e se alegrem, porque ninguém entrará no Paraíso por causa de suas boas ações. Os companheiros perguntaram: "Ó Mensageiro de Deus, nem mesmo tu?" Ele respondeu: "Nem mesmo eu, a menos que Deus me conceda Seu perdão e misericórdia."[9]



Notas de rodapé:

[1] Saheeh Muslim

[2] Saheeh Muslim

[3] Saheeh Muslim

[4] Saheeh Al-Bukhari

[5] Saheeh Muslim

[6]Ibid.

[7] Saheeh Bukhari

[8]Ibid.

[9] Saheeh Al-Bukhari


http://www.islamreligion.com/pt/articles/5214/o-perdao-de-pecados/
Navegação de Artigos:
<< Artigo Anterior || Próximo Artigo >>

Compartilhar esse Artigo:
Url
BBCode
HTML

Centro Islâmico de Taubaté © 2009-2018, todos os direitos reservados.
Rua Benedito Silveira Moraes, 221, Bairro Jardim do Sol - Taubaté - SP. CEP: 12070-290. Fones: (12) 3624-8602 / 3411-1940.
E-mail:
siteluzdoislam@gmail.com

2,884,663 visitas únicas

site desenvolvido por www.wsdbrasil.com.br

Powered by PHP-Fusion copyright © 2002 - 2018 by Nick Jones. Released as free software without warranties under GNU Affero GPL v3