Fones: (12) 3624-8602 / 3411-1940
Email: siteluzdoislam@gmail.com

Hierarquia dos Artigos
Início dos Artigos » Os Benefícios do Islam » As belezas do Islã (parte 1 de 3)
Tamanho da Fonte
As belezas do Islã (parte 1 de 3)
Descrição: Uma breve descrição de algumas das belezas do Islã.
Por Aisha Stacey (© 2016 IslamReligion.com)
Publicado em 11 Apr 2016 - Última modificação em 17 Apr 2016
Visualizado: 257 (média diária: 14) - Classificação: 5 de 5 - Classificado por: 1
Impresso: 3 - Enviado por email: 0 - Comentado em: 0

Categoria: Artigos > Os Benefícios do Islã > Felicidade Verdadeira e Paz Interior

Nesse momento na história do Islã, quando a religião inteira está sendo julgada pelas ações de uns poucos, é apropriado se distanciar do brilho da mídia e examinar as belezas que infundem o estilo de vida conhecido como Islã.  Há grandeza e esplendor no Islã, geralmente ofuscados por ações que não têm lugar na religião ou por pessoas falando sobre assuntos que entendem apenas vagamente.  O Islã é uma religião, um estilo de vida que inspira os muçulmanos a tentarem mais, alcançarem mais longe e agirem de maneira que agrade aqueles ao seu redor e, mais importante, agrade a seu criador.

As belezas do Islã são coisas que fazem parte da religião e fazem com que ela se destaque.  O Islã responde a todas as eternas perguntas da humanidade.  De onde viemos? Por que estamos aqui? Isso é realmente tudo que há? Responde a essas perguntas com clareza e de uma maneira bela.  Então, comecemos nossa jornada e descubramos e ponderemos sobre as belezas do Islã.

1. As respostas a todas as suas perguntas sobre a vida estão no Alcorão

O Alcorão é um livro que detalha a glória de Deus e a maravilha de Sua criação; também é um testamento à Sua misericórdia e justiça.  Não é um livro de história, de contos ou um livro didático científico, embora contenha todos esses gêneros e mais.  O Alcorão é o maior presente de Deus para a humanidade - é um livro como nenhum outro, porque contém as respostas para os mistérios da vida.  Responde às perguntas e nos pede que olhemos além do materialismo e vejamos que essa vida é pouco mais que uma parada transitória a caminho da vida eterna.  O Islã dá um objetivo claro e um propósito para a vida.

"E não criei a Humanidade e os Jinns exceto para Me adorarem." (Alcorão 51:56)

Sendo assim, é um livro muito importante e os muçulmanos não têm dúvida de que o Alcorão é exatamente o mesmo hoje como era quando foi revelado pela primeira vez ao profeta Muhammad, que a misericórdia e bênçãos de Deus estejam sobre ele.  Quando fazemos essas perguntas muito importantes, queremos estar certos de que as respostas que recebemos são verdadeiras.  Saber que as respostas vêm de um livro que é a Palavra inalterada de Deus dá conforto e consolo.  Quando Deus revelou o Alcorão, Ele prometeu preservá-lo.  As palavras que lemos hoje são as mesmas memorizadas e registradas pelos companheiros do profeta Muhammad.

"Nós revelamos a Mensagem e somos o Seu Preservador." (Alcorão 15:9)

2. A verdadeira felicidade pode ser encontrada no Islã

Alegre-se e seja feliz, permaneça positivo e em paz.[1] Isso é o que o Islã nos ensina, porque cada um dos mandamentos de Deus objetiva trazer felicidade para o indivíduo.  A chave para a felicidade é conhecer e adorar Deus.  Essa adoração serve como uma lembrança Dele e nos mantêm sempre conscientes Dele, nos mantendo longe do mal, de cometer injustiças e opressão.  Ela nos eleva para sermos virtuosos e de bom caráter.  Ao seguir Seus comandos, levamos uma vida que nos guia para o melhor em todos os nossos assuntos.  Quando levamos uma vida com significado somos capazes de ver a felicidade ao nosso redor a qualquer momento, e até nos momentos mais sombrios.  Está lá até no toque de uma mão, no cheiro da chuva ou da grama recém-aparada, está no fogo que aquece em uma noite fria ou em uma brisa fresca em um dia quente.  Pequenos prazeres podem fazer nossos corações verdadeiramente felizes, porque são manifestações da misericórdia e amor de Deus.

A natureza da condição humana significa que entre grandes tristezas pode haver momentos de alegria e, às vezes, em momentos de desespero podemos encontrar uma âncora nas coisas que nos trazem felicidade.  O profeta Muhammad disse: "De fato os assuntos de um crente são surpreendentes! Todos são para seu benefício. Se lhe for concedida facilidade é agradecido e é bom para ele. E se for afligido com dificuldade e persevera, é bom para ele."[2]

3. No Islã podemos facilmente nos comunicar com Deus a qualquer hora do dia ou da noite

Cada membro da raça humana nasce sabendo de maneira inata que Deus é Único.  Entretanto, aqueles que não conhecem Deus ou não estabelecem uma relação com Ele, podem achar a existência humana intrigante e, às vezes, até angustiante.  Aprender a se comunicar com Deus e adorá-Lo dá a vida um significado totalmente novo.

De acordo com o Islã, Deus está acessível a qualquer hora e em qualquer lugar.  Precisamos apenas chamar por Ele e Ele responderá o nosso chamado.  O profeta Muhammad nos avisou para chamarmos por Ele com frequência.  Ele nos contou que Deus disse:

"Sou como Meu servo pensa que sou (ou seja, sou capaz de fazer por ele o que ele acha que posso fazer por ele) e estou com ele se lembra de Mim. Se ele se lembra de Mim, Eu também Me lembro dele e se ele se lembra de Mim em um grupo de pessoas, lembro-me dele em um grupo melhor que o dele; e se ele se aproxima de Mim um palmo, Eu me aproximo um cúbito dele; se ele se aproxima um cúbito de Mim, Me aproximo dele a distância de dois braços; e se ele vem para mim andando, vou para ele correndo."[3]

Deus diz no Alcorão: "Recordai-vos de Mim, que Eu Me recordarei de vós." (Alcorão 2:152)

Os crentes chamam a Deus em qualquer idioma, a qualquer hora e em qualquer lugar.  Suplicam e agradecem a Ele.  Os muçulmanos também oram de uma maneira mais ritualizada cinco vezes ao dia e é interessante que a palavra árabe para oração seja "salah", que significa uma conexão.  Os muçulmanos estão conectados com Deus e podem se comunicar com Ele facilmente.  Nunca estamos sozinhos ou longe da misericórdia, perdão e amor de Deus.



Notas de rodapé:

[1] Al Qarni, Aaidh Ibn Abdullah, (2003), Don’t be sad.  International Islamic Publishing House, Saudi Arabia.

[2] Saheeh Muslim

[3] Saheeh Al-Bukhari, Saheeh Muslim


http://www.islamreligion.com/pt/articles/5221/as-belezas-do-isla-parte-1-de-3/
Navegação de Artigos:
<< Artigo Anterior || Próximo Artigo >>

Compartilhar esse Artigo:
Url
BBCode
HTML

Centro Islâmico de Taubaté © 2009-2018, todos os direitos reservados.
Rua Benedito Silveira Moraes, 221, Bairro Jardim do Sol - Taubaté - SP. CEP: 12070-290. Fones: (12) 3624-8602 / 3411-1940.
E-mail:
siteluzdoislam@gmail.com

2,888,671 visitas únicas

site desenvolvido por www.wsdbrasil.com.br

Powered by PHP-Fusion copyright © 2002 - 2018 by Nick Jones. Released as free software without warranties under GNU Affero GPL v3