Fones: (12) 3624-8602 / 3411-1940
Email: siteluzdoislam@gmail.com

Hierarquia dos Artigos
Início dos Artigos » O Caráter do Muçulmano » As Boas Maneiras nas Brincadeiras
Tamanho da Fonte
As Boas Maneiras nas Brincadeiras
Em Nome de Allah, O Clemente, O Misericordioso



O Profeta (r) passou um dia por um grupo de seus companheiros que praticavam tiro ao alvo com setas. Disse-lhes: “Atirem, ó descendentes de Ismael, pois o seu ancestral foi arqueiro. Atirem, que estou torcendo para fulano.” Um dos dois grupos parou de atirar. O Rassulullah (r) lhes perguntou: “Por que não estão atirando?” Responderam: “Como vamos atirar se o senhor está torcendo por eles?” O Profeta (r) disse: “Atirem que estou torcendo por todos.” (Bukhári).

Alguns etíopes estavam brincando na mesquita, estando o Profeta (r) presente. Quando Omar (t) entrou na mesquita, pegou umas pedrinhas e atirou neles. O Profeta (r) disse: “Deixe-os, ó Omar.” (Bukhári).
Um dia um homem foi ter com o Profeta (r) e lhe disse: “Ó Rassulullah, dá-me um transporte.” O Profeta (r) disse, brincando: “Eu o carrego numa cria de fêmea de camelo.” O homem pensou que a cria de fêmea de camelo fêmea seria pequena e fraca para carregá-lo. Disse ao Rassulullah (r): “O que faço com a cria da fêmea de camelo?” O Profeta (r) lhe disse: “Será que a fêmea de camelo dá cria a outra coisa?” (Abu Daúd e Tirmizi).

O Islam não rejeita as brincadeiras e o laser permitido. O Profeta (r) costumava brincar com seus companheiros e só falava a verdade.

Há boas maneiras que o muçulmano deve seguir em suas brincadeiras:
O falar a verdade nas brincadeiras: O muçulmano se afasta da mentira nas brincadeiras. O Profeta (r) advertiu sobre a mentira nas brincadeiras, dizendo: “O servo só crê verdadeiramente quando deixar a mentira nos casos sérios e nas brincadeiras.” (Ahmad e Tabaráni).

O equilíbrio nas brincadeiras: O Rassulullah (r) disse: “Não exagere no riso, pois o excesso de riso anula o coração.” (Tirmizi). É dever do muçulmano, também, entender a importância do tempo. Por isso, não deve perder muito tempo em brincadeiras e lazeres, negligenciando, assim, as obrigações e os direitos.

O afastar-se da zombaria: É dever do muçulmano afastar-se, nas brincadeiras e da zombaria dos outros. Não se deve difamá-los deles ou expor seus defeitos de forma que cause risos e mofas. Allah, Ta’ála, diz: “Ó crentes, que nenhum povo zombe de outro; é possível que (os escarnecidos) sejam melhores do que eles (os escarnecedores). Que tampouco nenhuma mulher zombe de outra, porque é possível que esta seja melhor do que aquela. Não vos difameis, nem vos motejeis mutuamente com apelidos. Muito vil é o nome que denota maldade (para ser usado por alguém), depois de ter recebido a fé! E aqueles que não se arrependerem serão os injustos.” (49:11).

A boa intenção nas brincadeiras: Como se sociável com os amigos, o ter afeto por eles, o consolá-los, o afastar o aborrecimento e o desânimo deles.

A escolha do tempo e do local propícios: Há tempos e locais em que é desaconselhável rir e brincar como as horas da oração, na visita aos cemitérios, na hora de se lembrar da morte, na recitação do Alcorão, no encontro com o inimigo e nos locais de estudo.

Não se deve brincar em questões de casamento, divórcio e arrependimento. O Profeta (r) advertiu sobre as brincadeiras nessas três coisas e mostrou que em caso de brincadeira e seriedade vale como seriedade. Se uma pessoa brincar em se divorciar da mulher, o divórcio torna-se válido. O Rassulullah (r) disse: “Três coisas são sérias quer sejam feitas com seriedade ou brincadeira: O casamento, o divórcio e o arrependimento (tomando a esposa de volta após o divórcio).” (Abu Daúd).

Não se deve brincar com armas: O muçulmano não amedronta o irmão, nem aponta arma para ele, mesmo por brincadeira. Pode ser que o Satanás sussure no seu ouvido e o faça injuriar o irmão muçulmano. O Rassulullah (r) disse: “Quem apontar armas para nós não faz parte de nós.” (Musslim).

Da mesma forma, o muçulmano não faz brincadeiras com as mãos, porque isso reduz o respeito entre eles. Pode até causar inimizade entre eles.

Não se deve brincar com as questões religiosas: O muçulmano respeita a sua religião e considera sagrados os seus rituais. Por isso, ele se afasta das brincadeiras contém zombarias, por Allah, exaltado seja, por Seus anjos por Seus profetas, e pelos rituais do Islam.
Navegação de Artigos:
<< Artigo Anterior || Próximo Artigo >>

Compartilhar esse Artigo:
Url
BBCode
HTML

Centro Islâmico de Taubaté © 2009-2017, todos os direitos reservados.
Rua Benedito Silveira Moraes, 221, Bairro Jardim do Sol - Taubaté - SP. CEP: 12070-290. Fones: (12) 3624-8602 / 3411-1940.
E-mail:
siteluzdoislam@gmail.com

2,431,813 visitas únicas

site desenvolvido por www.wsdbrasil.com.br

Powered by PHP-Fusion copyright © 2002 - 2017 by Nick Jones. Released as free software without warranties under GNU Affero GPL v3