Fones: (12) 3624-8602 / 3411-1940
Email: siteluzdoislam@gmail.com

Hierarquia dos Artigos
Início dos Artigos » O Alcorão Sagrado » Capítulo 104, Al-Humazah (O Difamador)
Tamanho da Fonte
Capítulo 104, Al-Humazah (O Difamador)

Descrição: Uma breve e detalhada discussão sobre o mal de calúnias e difamações.  Tal comportamento é frequentemente exibido por aqueles que usam a riqueza para oprimir os outros e as consequências de tal comportamento são descritas em detalhes.

Por Aisha Stacey (© 2019 IslamReligion.com)

 

Introdução

https://www.vvox.it/wp-content/uploads/2016/08/finger-on-you-responsabilit%C3%A0.jpgO Difamador, nomeado assim por causa da palavra humazah no primeiro versículo, é um dos capítulos curtos no fim do Alcorão.  Muitos desses capítulos lidam extensivamente com o conceito do Inferno.  No entanto, embora haja mais dez capítulos a seguir, este é o último que menciona ou descreve os fogos do Inferno.   Aqui o Inferno é descrito de tal maneira que somos capazes de experimentar seu poder feroz com todos os nossos sentidos. 

O capítulo 104 é composto de apenas nove versículos curtos e foi revelado em Meca nos primeiros dias do Islã.  Naquela época, os novos muçulmanos foram submetidos a alguns dos piores comportamentos daqueles que não estavam inclinados a ouvir a mensagem do Profeta Muhammad, que a misericórdia e as bênçãos de Deus estejam sobre ele.  Deus chama a atenção para algumas de suas características negativas e deixa claro que esse tipo de comportamento será severamente punido na Outra Vida.  Uma lição significativa que aprendemos neste capítulo é que o sucesso não reside no acúmulo de riqueza, mas sim na lembrança de Deus. 

Versículo 1 Uma situação lamentável

O capítulo começa com Deus descrevendo uma situação verdadeiramente lastimável.  Grande desgraça virá sobre a pessoa que ridiculariza ou insulta os outros.  Usar as palavras difamador e caluniador juntas indica aqueles que de maneira contínua e habitual caluniam os outros.  Essas são pessoas más e vaidosas que zombam dos outros, insultando-os e difamando-os, com suas línguas e linguagem corporal.  Elas os criticam, imitando seus movimentos ou os sons de suas vozes e ridicularizam suas aparências ou feições.  Este tipo de pessoa não pode ver suas próprias falhas, mas se deleita em encontrar e apontar falhas em outras.  O Islã tem altos padrões de moralidade e proíbe enfaticamente esse tipo de comportamento.  Provocar abertamente ou difamar de um modo oculto, assim como zombaria e desprezo, são todos considerados comportamentos sórdidos e negativos, definitivamente não o tipo de comportamento que um crente adotaria em qualquer circunstância.

Versículos 2 e 3 Grande riqueza não faz de você um imortal

Isso descreve as pessoas que usam sua riqueza para tiranizar os outros.  Armazenar sua riqueza não os tornará imortais.  A riqueza não é o padrão pelo qual as pessoas são medidas.   Quaisquer bons traços possuídos antes da riqueza são considerados inúteis e uma perda de tempo.  Este tipo de pessoa pensa que a sua riqueza controla o seu destino e que ela não é responsável perante ninguém, por nada.  Contam sua riqueza repetidamente, olhando para ela e tendo prazer nela; são mesquinhos e egoístas.  Esqueceram a morte e que chegará o tempo em que sua riqueza terá que ser deixada para trás? A riqueza não irá protegê-los de Deus e do Dia do Juízo.

Versículos 4 e 5 Você sabe o que é o triturador?

Por causa de sua riqueza, essas pessoas acreditam que são grandes homens e mulheres, mas, pelo contrário, aqueles que acham que têm imortalidade se veem atirados no triturador.  Deus pergunta, o que vai fazer você entender completamente o quão ruim é o triturador? Aquele que busca poder ridicularizando os outros será desprezado e arremessado como lixo negligenciado no grande triturador.  Esta é uma imagem palpável do Inferno, um grande instrumento triturador que destrói tudo o que cruza seu caminho ou se mantém em seu caminho.  No Dia do Julgamento, os caluniadores e difamadores serão lançados no Inferno como objetos desprezíveis.  O instrumento triturador destruirá a riqueza e o poder que aqueles que zombam e ridicularizam acreditam que os manterão seguros.  Estudiosos islâmicos dizem que o triturador está nas profundezas do Inferno.

Versículo 6 Um fogo aceso por Deus

No versículo seis o instrumento de trituração é identificado.  É, nos dizem, o fogo do Inferno.  Está em um lugar particular no Inferno e é inflamado pelo próprio Deus.  O capítulo começa com uma descrição enigmática, mas quando Deus revela o triturador ameaçador, ele sugere horrores inimagináveis.  É um fogo que não conseguimos imaginar porque não há nada igual.  Ele é projetado por Deus para punir aqueles que comem a carne de seus irmãos e irmãs com calúnias e zombarias.  Assim, o castigo também come a carne.  Este é o único lugar no Alcorão onde o fogo do Inferno foi chamado o fogo de Deus.  Isso não apenas expressa sua repulsão, mas indica a ira e o desprezo que Deus tem por aqueles que se apegam à riqueza do mundo, achando que isso lhes dá o direito de tratar mal os outros. 

Versículo 7 Um fogo que assola o coração

Este fogo inimaginável se enfurece sobre os corações daqueles que lhes são lançados sem cerimônia.  No entanto, não entra no coração porque isso causaria a morte e este fogo come a carne e tritura os ossos.  O fogo se enfurece sobre o coração.  Isso acontece repetidas vezes, assim como quando essas mesmas pessoas contavam suas riquezas repetidas vezes.  Há simetria no assunto e o capítulo relaciona o crime à punição.  Por meio de uma difamação e tudo o que a envolve, as pessoas metaforicamente rasgam a carne de seus irmãos. No entanto, o triturador no Inferno literalmente rasga a carne.  

Versículos 8 e 9 Colunas imponentes

O fogo de Deus que esmaga se aproximará dos caluniadores e difamadores.  As chamas dispararão e as colunas fecharão qualquer fenda ou abertura em torno daqueles que estão sendo punidos.  Não haverá escapatória.  Assim como eles mantiveram sua riqueza segura em cofres e atrás de portas fechadas, Deus os trancará em uma punição sem qualquer meio de fuga. 

 

https://www.islamreligion.com/pt/articles/11252/capitulo-104-al-humazah-o-difamador/

Navegação de Artigos:
<< Artigo Anterior || Próximo Artigo >>

Compartilhar esse Artigo:
Url
BBCode
HTML

Centro Islâmico de Taubaté © 2009-2019, todos os direitos reservados.
Rua Benedito Silveira Moraes, 221, Bairro Jardim do Sol - Taubaté - SP. CEP: 12070-290. Fones: (12) 3624-8602 / 3411-1940.
E-mail:
siteluzdoislam@gmail.com

3,100,730 visitas únicas

site desenvolvido por www.wsdbrasil.com.br

Powered by PHP-Fusion copyright © 2002 - 2019 by Nick Jones. Released as free software without warranties under GNU Affero GPL v3