Fones: (12) 3624-8602 / 3411-1940
Email: siteluzdoislam@gmail.com

Hierarquia dos Artigos
Início dos Artigos » O Alcorão Sagrado » Capítulo 25, As características de um crente (parte 2 de 2)
Tamanho da Fonte
Capítulo 25, As características de um crente (parte 2 de 2)

Chapter-25,-Verses-63-–-76,-Part-2.jpgQuando a notícia da salvação por meio do arrependimento foi revelada, foi considerada uma grande bênção pelos novos muçulmanos.  Pouquíssimos tinham estado livres de pecado e vícios durante seu período antes da revelação do Islã, e essa anistia geral encheu-os de esperança.  Deus é misericordioso e compassivo e não repreende uma pessoa por erros anteriores.  São relatados vários exemplos de pessoas que reformaram suas vidas por meio do arrependimento a Deus nas tradições autênticas do profeta Muhammad, que a misericórdia e bênçãos de Deus estejam sobre ele. 

Um homem idoso veio até o profeta Muhammad e disse: "Toda a minha vida foi passada em pecado, não há pecado que eu não tenha cometido. Tanto que se meus pecados fossem distribuídos entre as pessoas de todo o mundo, todas estariam condenadas. Existe alguma saída para o meu perdão?" O profeta perguntou-lhe: "Você abraçou o Islã?" Ele disse: "Não há divindade exceto Deus e Muhammad é Seu mensageiro".  O profeta então disse: "Volte. Deus é Perdoador e tem o poder de transformar todas as suas más ações em boas ações." [1] Aquele que abraça o Islã tem a lousa limpa e os crentes que se arrependem têm a chance de começar de novo. 

Boas ações podem obliterar más ações e o arrependimento dá outra chance ao pecador.  Para enfatizar isso, Deus disse: "exceto aqueles que se arrependem, creem e fazem boas ações. Para estes, Deus computará as más ações como boas..." (Alcorão 25:70) e o profeta Muhammad reforçou o significado por trás dessas palavras quando disse: "Deus estende Sua mão à noite para perdoar os que pecaram durante o dia, e estende Sua mão durante o dia para perdoar os que pecaram durante a noite. Isso continuará até que o Sol nasça no ocidente." Buscar o arrependimento, portanto, é outra característica do verdadeiro crente.   Deus é Perdoador e, assim, aquele que se arrepende sinceramente será perdoado. 

Os crentes não testemunham falsidade.  Não mentem, não dão falsa evidência e não ocultam a verdade.  O Islã chama a essas coisas de pecado.  O profeta Muhammad equiparou o falso testemunho a atribuir parceiros a Deus[2] e o Alcorão nos diz que: "Evitai, pois, a abominação da adoração dos ídolos e evitai o perjúrio." (Alcorão 22:30). Além disso, no livro de Zacarias, incluído no Velho e no Novo Testamentos, encontramos as palavras: "Eis o que devem fazer: Falem somente a verdade uns com os outros e julguem retamente em seus tribunais..." [3]

As mesmas pessoas que não dão falso testemunho evitam discursos nocivos e se mantêm afastadas de frivolidade.  Se vierem a se deparar com comportamento pecaminoso, inútil e vão, seguem em frente com dignidade.   Não param para se engajar no comportamento ou argumentar a respeito. Seguem em frente.  Deus espera que os crentes se distraiam dos males associados com o comportamento frívolo, e uma maneira de fazer isso é lembrar-se da grandeza de Deus e contemplar S

Os crentes pedem a Deus que lhes conceda uma descendência virtuosa que adorará somente a Deus e não associará parceiros com Ele.  Suplicam por esposas e filhos que serão um conforto para eles.  Pedem a Deus que assegure que suas famílias sigam um caminho de retidão.  Além disso, o crente aspira alcançar um nível de virtude que os outros desejarão imitar.  Vale lembrar que na época da revelação, muitas das famílias dos primeiros muçulmanos ainda não tinham abraçado o Islã.  Orações e súplicas preocupadas com a vida futura de suas famílias estavam na mente dos companheiros do profeta Muhammad. 

A vida, de muitas formas, é a mesma coisa hoje.  Com frequência uma pessoa abraça o Islã e começa a se inquietar com o desfecho eterno de seus entes queridos.  Aqui podemos ver que um sinal de um verdadeiro crente é sua profunda preocupação para que seus entes queridos também adorem somente a Deus.  Um crente tem esperança de ser aquele que inspira outros a seguir o caminho correto, especialmente seus familiares e entes queridos.

Os crentes, aqueles que foram descritos nesses artigos e os que se empenham para ser como os descritos aqui, serão recompensados.  Terão seu lugar no Paraíso garantido por conta de sua paciência e perseverança.   Muitas traduções do Alcorão, especialmente as mais arcaicas, chamam a recompensa de um palácio luxuoso, uma descrição que apela para a mente de grandiosidade.   Alguns estudiosos dizem que é o lugar mais elevado no Paraíso, reservado para os crentes mais virtuosos e piedosos.  Certamente os crentes são recompensados de maneira magnífica com uma morada eterna segura e feliz, e são saudados com palavras de paz.

O Paraíso é um local de segurança e satisfação eternas.  Todo o sentido de injúria e dor são removidos e Deus nos diz em mais de uma passagem do Alcorão que os habitantes do Paraíso, os verdadeiros crentes, serão saudados pelos anjos.  Eles dirão: "Que a paz esteja convosco! Quão excelente é o que fizestes! Adentrai, pois!" (Alcorão 39:73). Também dirão: "Eis o Paraíso que herdastes em recompensa pelos que fizestes." (Alcorão 7:43)

As características de um verdadeiro crente foram listadas aqui nesses versículos essenciais do Alcorão.  É estimulante notar que as características dos descrentes foram deixadas para que nós as detectemos sozinhos.  Podem ser características opostas, aquele que é orgulhoso, não ora à noite, argumenta ou mente ou uma combinação de qualquer ou todas essas coisas mencionadas. Entretanto, como Deus declara, a verdade se destaca claramente da falsidade[4], especialmente para aquele está determinado a agradar a Deus. 

 
Notas de rodapé:

[1]Baseado no trabalho de Ibn Kathir

[2] Saheeh Bukhari, At-Tirmidhi

[3]Zacarias 8:16

[4](Alcorão 2:256)

http://www.islamreligion.com/pt/articles/10805/capitulo-25-versiculos-63-76/

Navegação de Artigos:
<< Artigo Anterior || Próximo Artigo >>

Compartilhar esse Artigo:
Url
BBCode
HTML

Centro Islâmico de Taubaté © 2009-2017, todos os direitos reservados.
Rua Benedito Silveira Moraes, 221, Bairro Jardim do Sol - Taubaté - SP. CEP: 12070-290. Fones: (12) 3624-8602 / 3411-1940.
E-mail:
siteluzdoislam@gmail.com

2,253,221 visitas únicas

site desenvolvido por www.wsdbrasil.com.br

Powered by PHP-Fusion copyright © 2002 - 2017 by Nick Jones. Released as free software without warranties under GNU Affero GPL v3