Fones: (12) 3624-8602 / 3411-1940
Email: siteluzdoislam@gmail.com

Hierarquia dos Artigos
Início dos Artigos » O Alcorão Sagrado » Capítulo 54, Al-Qamar (A lua)
Tamanho da Fonte
Capítulo 54, Al-Qamar (A lua)

Versículos 1-8 O Dia da Ressurreição e a negligência dos politeístas

https://nikolaswar.files.wordpress.com/2015/03/full-moon.jpgQuando o profeta Muhammad transmitiu a mensagem de Deus ao povo de Meca a maioria rejeitou fortemente o conceito de ressurreição.  Recusaram-se a aceitá-lo como mensageiro de Deus e exigiram um sinal físico de que se esse mundo realmente chegaria ao fim, algum milagre que lhes fosse mostrado como prova.   Então, cinco anos antes da Hégira (migração) do profeta para Medina, Deus os fez testemunhar um milagre.  Uma noite viram a lua dividida em duas partes e as duas metades estão tão separadas que cada uma parecia estar de cada lado do monte Hira.

Depois de um momento a lua foi reunida.  Pode-se pensar que depois de ver esse sinal tremendo aceitariam a verdade, mas isso não afetou a atitude deles.  Teimosamente disseram que era algum tipo de mágica e nada mais.  Por que as pessoas insistem em continuarem ignorantes da verdade? Por que não aceitam essas provas claras? É porque suas vidas revolvem em torno de seus próprios desejos e sua autoimagem falsa torna quase impossível para elas admitir que estava buscando ideais errados.  Portanto, preferem ignorar todas as coisas que os deixam desconfortavelmente cientes da verdade.

A divisão da lua não foi o único sinal do poder de Deus. Ao contrário, o povo de Meca também foi bem informado sobre as nações que tinham sido destruídas antes deles por causa da rejeição da mensagem de Deus que os mensageiros tinham trazido para elas.

Deus nos deu a escolha de pensar e escolher nossa maneira de vida nesse mundo, mas os que usam erradamente essa escolha e rejeitam a orientação de Deus não devem se esquecer que haverá um dia quando não serão capazes de dizer "não" ao chamador, que os chamará para o julgamento final.  Os discursos e argumentos arrogantes contra Deus e Seu profeta serão todos esquecidos e correrão cegamente em direção ao seu destino.

Versículos 9-42 O mal foi o fim das nações anteriores que desmentiram seus mensageiros

O povo de Noé era tão arrogante que esqueceram de sua própria impotência.  Deus enviou para eles um dilúvio poderoso que afogou tudo, exceto o barco carregando o profeta Noé e poucas pessoas que tinham acreditado em Deus.  Isso mostra a misericórdia e compaixão extremas de Deus por Seus mensageiros e pelos crentes da verdade, mas ao mesmo tempo Sua punição para aqueles que teimosamente rejeitam Sua mensagem também é evidente.

O povo de Ad era extremamente poderoso, não somente em habilidades, mas também em atributos físicos. Entretanto, quando rejeitaram continuamente a mensagem de Deus Ele lhes enviou um vento extremamente frio que lhes deu uma punição humilhante.  Então o povo de Tamude também cometeu o mesmo erro.  Também eram muito orgulhosos de seu sucesso mundano e pensavam que o profeta Salé estava apenas espalhando algumas histórias ou mentiras criadas por ele.  Então, exigiram um milagre de Deus e Ele enviou-lhes uma camela, sobre a qual foram avisados para não causar nenhum mal, mas a mataram achando que podiam se safar com o que desejassem.  Consequentemente, Deus deu a eles um fim doloroso. 

O povo de Lot foi o primeiro a se engajar em homossexualidade e isso tinha cegado seus sentidos a tal ponto que quando os anjos vieram até a casa do profeta na forma de homens jovens, essas pessoas correram para tê-los. Nada importava para eles, exceto a satisfação de suas luxúrias.

A mesma coisa aconteceu com o Faraó, quando ele pensou ser indestrutível. 

Um mal-entendido comum é que o Alcorão é para sábios.  Deus diz em palavras claras que Ele mesmo facilitou para nós a compreensão e agora cabe a nós contemplar e receber sua orientação.  Esse é o único livro no mundo que foi lido por todo tipo de pessoa.  Até mesmo pessoas iletradas podem se beneficiar de sua orientação clara.  Junto com simplicidade, existe uma profundidade surpreendente em suas palavras que estimula o intelecto de pessoas altamente educadas também.

Versículos 43-55 Ameaça aos politeístas e boas novas aos virtuosos

Como podem se iludir quando Deus enviou esses avisos claros? Aqueles que persistem em sua descrença e não se importam de ler o Alcorão ou seguir os ensinamentos do profeta Muhammad devem saber que estão cometendo um crime terrível, mesmo que tenham a ilusão de serem "pessoas boas".

Nesse mundo ridicularizam os crentes por estarem preocupados demais com o tormento do Inferno.  O que alegam é que Deus é tão misericordioso que não pode queimar ninguém, mas Deus os está avisando que esse fogo definitivamente tocará aqueles que o ridicularizam e não fazem esforço para salvar suas almas dele.

No final desse capítulo Deus apresenta um vislumbre dos jardins esplêndidos de deleite, o belo Paraíso, que Ele preparou com muito amor para aqueles que permaneceram fiéis a Ele na vida mundana.  Aquelas pessoas que espontaneamente sacrificaram seus egos e desejos em nome de Deus receberão Dele essa recompensa maravilhosa, onde todos os desejos serão atendidos eternamente.

 

https://www.islamreligion.com/pt/articles/11049/capitulo-54-al-qamar-lua/

Navegação de Artigos:
<< Artigo Anterior || Próximo Artigo >>

Compartilhar esse Artigo:
Url
BBCode
HTML

Centro Islâmico de Taubaté © 2009-2018, todos os direitos reservados.
Rua Benedito Silveira Moraes, 221, Bairro Jardim do Sol - Taubaté - SP. CEP: 12070-290. Fones: (12) 3624-8602 / 3411-1940.
E-mail:
siteluzdoislam@gmail.com

2,853,314 visitas únicas

site desenvolvido por www.wsdbrasil.com.br

Powered by PHP-Fusion copyright © 2002 - 2018 by Nick Jones. Released as free software without warranties under GNU Affero GPL v3