Fones: (12) 3624-8602 / 3411-1940
Email: siteluzdoislam@gmail.com

Hierarquia dos Artigos
Início dos Artigos » Religião Comparada » Como nós, como muçulmanos, celebramos Cristo (parte 1 de 2)
Tamanho da Fonte
Como nós, como muçulmanos, celebramos Cristo (parte 1 de 2)

How We as Muslims Celebrate Christ.jpgComo muçulmanos compartilhamos com as comunidades judaica e cristã muitos pontos de convergência. Eles incluem: crença em Deus, crença de que Ele revelou escrituras para a humanidade e enviou uma sucessão de profetas. O Alcorão, notamos, dirige-se aos judeus e cristãos a partir desses pontos de concordância.

Nesse artigo estamos preocupados com um ponto em particular de convergência entre muçulmanos e cristãos - e que é nossa reverência por Jesus e nosso reconhecimento de que ele é o Messias, o Cristo. O mundo cristão acabou de celebrar recentemente a ocasião do nascimento de Cristo. Como muçulmanos não observamos o Natal, mas celebramos Cristo em nossas vidas de uma forma completa, com consistência e devoção permanente. Nossa celebração de Cristo é de fé, recordação e imitação.

Os muçulmanos honram Cristo (que a paz esteja sobre ele) por meio de sua fé. O que se segue é afirmado no Alcorão:

1. Fé na concepção milagrosa de Cristo. Jesus (que a paz esteja sobre ele) nasceu de uma virgem.

O Alcorão diz:

"E menciona no Livro (o Alcorão), Maria, quando ela se isolou em reclusão de sua família para um lugar na direção do oriente. Ela colocou uma cortina para ocultar-se dela (da família); Então Nós enviamos a ela o Nosso anjo, e ele apareceu para ela como um homem em todos os aspectos.

Ela disse: ‘Verdadeiramente, eu me refugio no Misericordioso (Deus), contra ti, se temes a Deus.’

Ele disse: ‘Eu sou apenas um mensageiro de seu Senhor, (para te anunciar) a dádiva de um filho virtuoso.’

Ela disse: ‘Como hei de ter um filho, se nenhum homem me tocou e nunca fui mundana?’

Ele disse: "Ele disse, ‘Assim será,’ teu Senhor disse: ‘Isso é fácil para Mim, e farei dele um sinal para os homens, e Misericórdia de Nossa parte, e essa é uma questão que já foi decretada.’" (Alcorão 19: 16-21)

2. Fé no milagre do nascimento de Cristo e nos milagres de sua infância.

Deus diz:

"Regressou ao seu povo levando-o (o filho) nos braços. E lhes disseram: Ó Maria, eis que fizeste algo extraordinário! Ó irmã de Aarão, teu pai jamais foi um homem do mal, nem tua mãe uma (mulher) sem castidade!

Então ela lhes indicou que interrogassem o menino. Disseram: Como falaremos a uma criança que ainda está no berço?

Ele (Jesus) disse: ‘Eu sou de fato um servo de Deus.  O Qual me concedeu o Livro e me designou como profeta. Ele me fez abençoado, onde quer que eu esteja, e me recomendou as orações, a caridade, enquanto eu viver. Ele me fez carinhoso com a minha mãe, e Ele não me fez insolente, infeliz. A paz está comigo, desde o dia em que nasci; estará comigo no dia em que eu morrer, bem como no dia em que eu for ressuscitado." (Alcorão 19:27-33)

3. Fé nos milagres que ocorreram nas mãos de Cristo.

Jesus Cristo realizou vários milagres durante a época de sua pregação.

Por exemplo, o Alcorão nos conta:

"E ele será um Mensageiro para os israelitas, (e lhes dirá): Apresento-vos um sinal d vosso Senhor: plasmarei de barro a figura de um pássaro, à qual darei vida, e a figura será um pássaro, com beneplácito de Deus, curarei o cego de nascença e o leproso; ressuscitarei os mortos, com a anuência de Deus, e vos revelarei o que consumis o que entesourais em vossas casas. Nisso há um sinal para vós, se sois fiéis." (Alcorão 3:49)

4. Fé na ascensão de Cristo.

Os muçulmanos acreditam que Deus salvou Jesus (que a paz esteja sobre ele) dos estratagemas de seus inimigos, ao fazer Jesus ascender para Ele. Lemos no Alcorão:

"E por blasfemarem e dizerem graves calúnias acerca de Maria. E por dizerem: ‘Matamos o Messias, Jesus, filho de Maria, o Mensageiro de Deus.’ Embora não sendo, na realidade, certo que o mataram, nem o crucificaram, senão que isso lhes foi simulado. E aqueles que discordam, quanto a isso, estão na dúvida. Não possuem conhecimento algum, abstraindo-se tão-somente em conjecturas; Porém, o fato é que não o mataram.

Outrossim, Deus fê-lo ascender até Ele. Por certo, Deus é Todo-Poderoso, Sábio." (Alcorão 4:157-158)

5. Fé no evangelho de Jesus.

Os muçulmanos acreditam na escritura que Deus revelou a Jesus. Os versículos do Alcorão a seguir atestam isso:

"Ele te revelou (ó Muhammad) o Livro (paulatinamente) com a verdade corroborante dos anteriores, assim como havia revelado a Tora e Evangelho." (Alcorão 3:3) 

"E depois deles (profetas), enviamos Jesus, filho de Maria, corroborando a Tora que o precedeu; e lhe concedemos o Evangelho, que encerra orientação e luz, corroborante do que foi revelado na Tora e exortação para os tementes." (Alcorão 5:46)

Então, Deus dirá: Ó Jesus, filho de Maria, recordar-te de Minhas Mercês para contigo e para com tua mãe; de quando te fortaleci com o Espírito da Santidade; de quando falavas aos homens, tanto na infância, como na maturidade; de quando te ensinei o Livro, a sabedoria, a Tora e o Evangelho;" (Alcorão 5:110)

Deus descreve os seguidores de Muhammad, que a misericórdia e bênçãos de Deus estejam sobre ele, em termos do Evangelho, dizendo:

"Tal é o seu exemplo na Tora e no Evangelho, como a semente que brota, se desenvolve e se robustece, e se firma em seus talos, compraz aos semeadores, para irritar os incrédulos." (Alcorão 48:29)

 

http://www.islamreligion.com/pt/articles/10684/como-nos-como-muculmanos-celebramos-cristo-parte-1-de-2/

Navegação de Artigos:
<< Artigo Anterior || Próximo Artigo >>

Compartilhar esse Artigo:
Url
BBCode
HTML

Centro Islâmico de Taubaté © 2009-2017, todos os direitos reservados.
Rua Benedito Silveira Moraes, 221, Bairro Jardim do Sol - Taubaté - SP. CEP: 12070-290. Fones: (12) 3624-8602 / 3411-1940.
E-mail:
siteluzdoislam@gmail.com

2,327,498 visitas únicas

site desenvolvido por www.wsdbrasil.com.br

Powered by PHP-Fusion copyright © 2002 - 2017 by Nick Jones. Released as free software without warranties under GNU Affero GPL v3