Fones: (12) 3624-8602 / 3411-1940
Email: siteluzdoislam@gmail.com

Hierarquia dos Artigos
Início dos Artigos » Os Companheiros do Profeta - Os Sahaba » Como os salaf atingiram um nível tão alto e forte da fé?
Tamanho da Fonte
Como os salaf atingiram um nível tão alto e forte da fé?

https://cdn.pixabay.com/photo/2020/10/23/14/32/caravan-5678898_1280.jpg

 

Eu sempre fico surpreso em como os salaf (primeiras gerações) eram e como eles alcançaram um nível tão alto de fé. Quando leio sobre os karamaat (milagres, eventos extraordinários) que aconteceram com eles, pergunto-me como foram capazes de atingir esse nível elevado. Como eles conseguiram afastar de seus corações o amor pelos ganhos mundanos?

 

Todos os louvores são para Allah.

Você perguntou sobre um assunto importante, mas este se torna fácil àquele a quem Allah o facilita. Discutir como eram os salaf e falar sobre as grandes obras de justiça com as quais se comprometeram, para que fossem capazes de atingir esse alto nível de fé, é uma discussão que seria muito longa e poderia preencher muitos livros. Porém, isso tudo poderia ser resumido observando duas coisas essenciais nas quais todos os assuntos dos salaf foram baseados, e quem quer que adira a estes haverá a esperança de atingir algo semelhante ao que eles alcançaram, e esperança de se tornar um integrante daquele grupo. Pedimos a Allah para tornar essas duas coisas fáceis para nós e para você, e para nos tornar firmes em aderir a elas, até que O encontremos satisfeito conosco. Essas duas coisas são:

A primeira coisa é querer seguir o que o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) trouxe e perseverar em aderir àquilo.

A fim de alcançar um status elevado perante Allah, exaltado seja, Ele estipulou uma condição que deve ser cumprida, a saber, seguir o que o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) trouxe. Allah, exaltado seja, diz (interpretação do significado):

“Dize: "Se amais a Allah, segui-me, Allah vos amará e vos perdoará os delitos." E Allah é Perdoador, Misericordiador”

[Aal ‘Imraan 3:31].

Shaikh al-Islam Ibn Taimiyah (que Allah tenha misericórdia dele) disse:

Allah, glorificado e exaltado seja, ordenou-nos a seguir o Mensageiro, obedecê-lo, tomá-lo como um aliado e amá-lo, e ordenou que Allah e Seu Mensageiro sejam mais queridos para nós do que qualquer pessoa. Ele garantiu que, através da obediência ao Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) e do amor a ele, podemos alcançar o amor e a honra de Allah. Allah, exaltado seja, diz (interpretação do significado):

“Dize: "Se amais a Allah, segui-me, Allah vos amará e vos perdoará os delitos." E Allah é Perdoador, Misericordiador”

[Aal ‘Imraan 3:31]

“E, se lhe obedeceis, guiar-vos-eis”

[an-Nur 24:54]

“Esses são os limites de Allah. E a quem obedece a Allah e a Seu Mensageiro, Ele os fará entrar em Jardins, abaixo dos quais correm os rios; nesses, serão eternos. E esse é o magnífico triunfo.”

[an-Nissa 4:13]

E existem muitos versículos semelhantes no Alcorão. Ninguém tem o direito de se afastar daquilo que está estabelecido na Sunnah, declarado nos ensinamentos do Islam, comprovado no Alcorão e na Sunnah, e daquilo que as primeiras gerações da ummah aderiram.

Fim da citação de Majmu’ al-Fataawa (1/334).

Não se pode imaginar que isso tenha acontecido sem o aprendizado e compreensão daquilo que o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) nos trouxe. O primeiro passo para seguir o Islam é aprender sobre a religião através de suas fontes autênticas e perseverar em fazê-lo.

Foi narrado por Humaid ibn 'Abd ar-Rahman: Eu ouvi Mu'awiyah dizendo em um discurso: Eu ouvi o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) dizer: “Se Allah pretende o bem para uma pessoa, Ele a proporciona a compreensão do Islam.” Narrado por al-Bukhari (71) e Muslim (1037).

Foi narrado por ‘Uthman (que Allah esteja satisfeito com ele) que o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse: "O melhor dentre vós é aquele que aprende o Alcorão e o ensina." Narrado por al-Bukhari (5027).

Shaikh al-Islam Ibn Taimiyah (que Allah tenha misericórdia dele) disse:

Incluído no significado das palavras “O melhor dentre vós é aquele que aprende o Alcorão e o ensina” está: ensinar as letras e seus significados; na verdade, aprender seus significados é o primeiro propósito pretendido ao se ensinar suas letras (e como recitá-las). Isso é o que aumenta a fé.

Fim da citação de Majmu’ al-Fataawa (13/403).

O caminho das primeiras gerações era perseverar em aprender o que o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) trouxe, então, depois disso, eles perseveraram em agir de acordo com o que haviam aprendido.

Foi narrado que Ibn Mas'ud disse: Se um de nós aprendesse dez versículos, não avançaria até que aprendesse seus significados e os colocasse em prática.

Narrado por at-Tabari em seu Tafsir (1/74).

Foi narrado por Ibn ‘Umar (que Allah esteja satisfeito com ele) que disse: Nós vivemos um curto período de nossas vidas quando o mais jovem dentre nós aprendia sobre a fé antes de aprender o Alcorão. Uma surah era revelada a Muhammad (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele), então a pessoa [mais jovem dentre nós] aprendia o que aquela surah dizia que era halal e haram, e quais limites deviam ser respeitados, este era o caminho que se aprendia o Alcorão. Então, ele disse: Eu vi homens, um dos quais aprendia o Alcorão e recitava tudo nele, do começo ao fim, sem saber o que nele era um comando e o que era uma proibição, ou quais limites deveriam ser respeitados, recitando-o rapidamente como uma propagação de semeadura.

Narrado por al-Haakim em al-Mustadrak (1/35). Ele disse: Este é um hadith que é sahih de acordo com as condições dos dois mashaikh [al-Bukhari e Muslim], e eu desconheço algo de errado com ele. E adh-Dhahabi concordou com isto.

Foi narrado que Abu 'Abd ar-Rahman as-Sulami disse: Aqueles dos companheiros do Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) que nos ensinaram o Alcorão, disseram-nos que costumavam aprender dez versículos do Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele), e eles não aprenderiam os próximos dez até que tivessem aprendido o que aqueles dez versículos continham de conhecimento e o que ditavam quanto às ações. Eles disseram: Então, aprendíamos o conhecimento e como agir de acordo.

Narrado por Imam Ahmad em al-Musnad (38/466); classificado como hasan pelos comentaristas de al-Musnad.

A segunda coisa é a maneira como seguiram o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele), pois o seguiram com uma sinceridade que não foi contaminada por nenhuma intenção corrompida, e com uma determinada fé que não estava imiscuída de dúvidas.

Quando aprendiam o que o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) havia trazido, aprendiam com uma intenção sincera e com fé certa e inabalável. Quando eles agiam de acordo com o que aprendiam, eram totalmente sinceros naquilo, e lutavam contra suas inclinações malignas, contra o impulso de se exibir, contra o objetivo de ganhos mundanos por meio de seu conhecimento e adoração, tudo isso de acordo com as palavras de Allah, exaltado seja (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele):

“Ó vós que credes! Temei a Allah e permanecei com os verídicos”

[at-Tawbah 9:119].

Shaikh ‘Abd ar-Rahman as-Sa‘ di (que Allah tenha misericórdia dele) disse:

"E permanecei com os verídicos", isto é, aqueles que são verdadeiros em palavras, ações e conduta, aqueles cujas palavras são verdadeiras e cujos atos e conduta não podem ser baseados em nada, a não ser na verdade, os que são desprovidos de preguiça e apatia, livres de más intenções, e baseados na sinceridade e boas intenções. Pois a verdade leva à justiça, e a justiça leva ao Paraíso.

Allah, exaltado seja, diz em outro lugar: “Este é um dia em que beneficiará aos verídicos sua veracidade.” [al-Ma’idah 5:119].

Fim da citação de Tafsir as-Sa'di (p. 355).

Ibn Rajab (que Allah tenha misericórdia dele) disse:

A virtude não pode ser alcançada fazendo muitos atos físicos; ao contrário, é alcançada fazendo-se essas ações sinceramente para Allah, glorificado e exaltado seja; tornando-as sólidas e corretas de acordo com a Sunnah; e tornando as emoções e os sentimentos de alguém sinceros e conectados com Allah.

Aquele que possui mais conhecimento de Allah, de Sua religião e Seus preceitos e ensinamentos, e tem mais temor d’Ele, amor por Ele e esperança n’Ele, é melhor do que aquele que não é assim, mesmo que este último pratique muitas ações justas e ações físicas.

Por isso, algumas das primeiras gerações disseram: Abu Bakr não os superou jejuando e orando muito, pelo contrário, foi por meio de algo que ele tinha em seu coração ... Foi feita menção a Abu  Suleiman de quanto tempo os Filhos de Israel viveram e quão arduamente eles se esforçaram em praticar atos justos, e que algumas das pessoas os invejaram por isso.

Ele disse: Tudo o que Allah quer de vós é sinceridade de intenção, e sinceramente buscar o que está com Ele – ou palavras nesse sentido.

Ibn Mas'ud disse a seus companheiros: Vós jejuais e orais mais do que os companheiros de Muhammad (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele), mas eles eram melhores do que vós.

Eles disseram: Por que isso?

Ele disse: Eles tinham menos interesse do que vós nos ganhos mundanos e maior desejo pela vida futura.

Fim da citação de Majmu’ Rasaa’il Ibn Rajab (4/412-413).

Conclusão: A maneira de atingir um alto nível de fé como nossos antepassados ​​justos (que Allah esteja satisfeito com eles) conseguiram está, em primeiro lugar, na perseverança em buscar entender o que o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) trouxe, então perseverando em fazer o que ele ordenou e abstendo-se do que ele proibiu. Tudo isso deve ser feito com verdadeira sinceridade, não tendo nenhum interesse em ganhos mundanos, mas sim, esperando pelo akhirah (outra vida). O cerne da questão é implorar a Allah, exaltado seja, buscando orientação e firmeza através d’Ele, pois todo o assunto está nas mãos de Allah, exaltado seja. Você deve procurar horários em que as súplicas sejam mais prováveis ​​de serem atendidas, como o último terço da noite, pois os salaf costumavam buscar esses horários.

Foi narrado de Ibn Shihaab az-Zuhri, de al-Agharr e Abu Salamah ibn 'Abd ar-Rahman, que Abu Hurairah disse: O Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse: “Nosso Senhor, abençoado seja o Seu nome, desce ao mais baixo dos céus todas as noites, quando resta o último terço da noite, e diz: 'Quem me invocará, para que Eu lhe responda? Quem me pedirá, para que Eu lhe dê? Quem Me implorará perdão, para que Eu lhe perdoe?' E isso continua até o amanhecer.” Portanto, eles preferiram orar no final da noite, em vez de no início.

Narrado pelo Imam Ahmad em al-Musnad (13/35); classificado como sahih por al-Albani em Irwa 'al-Ghalil (2/196).

E Allah sabe melhor.

 

https://islamqa.info/pt/answers/287792/como-os-salaf-atingiram-um-nivel-tao-alto-e-forte-da-fe

Navegação de Artigos:
<< Artigo Anterior || Próximo Artigo >>

Compartilhar esse Artigo:
Url
BBCode
HTML

Centro Islâmico de Taubaté © 2009-2021, todos os direitos reservados.
Rua Benedito Silveira Moraes, 221, Bairro Jardim do Sol - Taubaté - SP. CEP: 12070-290. Fones: (12) 3624-8602 / 3411-1940.
E-mail:
siteluzdoislam@gmail.com

3,930,064 visitas únicas

site desenvolvido por www.wsdbrasil.com.br

Powered by PHP-Fusion copyright © 2002 - 2021 by Nick Jones. Released as free software without warranties under GNU Affero GPL v3